As notícias sobre o jovem meia Abdelhak Nouri, de 20 anos, que teve um mal súbito e desmaiou em campo durante amistoso do Ajax, no último sábado, e acabou tendo "dano cerebral irreversível" constatado na última quinta-feira, são cada vez mais tristes.

Na sexta-feira, o irmão do jovem atleta, Abderrahim Nouri, revelou detalhes das conversas que teve com os médicos que estão tratando do atleta e disse que, caso Abdelhak um dia saia do coma, ficará praticamente em estado vegetativo, devido aos graves danos cerebrais causados pela falta de oxigênio após seu desmaio em campo.