Dizem que o bom filho à casa torna. E, após 13 anos sem pisar na sua terra natal para jogar uma partida, Cristiano Ronaldo retornou à Ilha da Madeira. Contra a Suécia, em amistoso no Estádio dos Barreiros, volta frustrada: gol, mas uma derrota com sabor amargo por 3 a 2. Para um público que esperava pelo retorno de seu filho mais famoso à cidade, sem dúvidas foi um belo presente, mas com um gostinho de que poderia ter sido diferente.