Construído para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de 2007, o único velódromo coberto do Brasil está sendo destruído com a desculpa de mandar seus restos para Goiânia. Mas a reportagem do programa Histórias do Esporte descobriu que esta obra gastou R$ 14 milhões dos cofres públicos. Feito para ser definitivo e agora em processo de demolição, o velódromo dará lugar a prédios de alto luxo e exigirá a construção de uma nova instalação de R$ 147 milhões. Veja a primeira parte!