NFL na ESPN

NFL na ESPN

Não foram só os Falcons: confira as maiores viradas da história da NFL

ESPN.com.br

TIMOTHY A. CLARY/AFP/Getty Images
O touchdown de White foi o ponto final na virada do Super Bowl LI
O touchdown de White foi o ponto final na virada do Super Bowl LI

Um dos grandes jogos da semana 7 da NFL é o reencontro entre New England Patriots e Atlanta Falcons, no Sunday Night Football, que terá transmissão da ESPN e do WatchESPN às 22h15 (de Brasília).

No Super Bowl LI, os Patriots conseguiram a maior virada da história da grande decisão, saindo de 28 a 3 para a vitória por 34 a 28. O feito, no entanto, não é o maior da liga, que já viu muita gente fazer igual ou ainda melhor.

Confira as maiores viradas de todos os tempos e decida se foi mérito do vencedor ou uma tremenda "pipocada" do derrotado.

  •  
  • 25 pontos
  • Titans 28 x 29 Browns
  • Semana 5 – 05 de outubro de 2014

Sim, os Browns aparecem em uma lista como protagonistas em um feito vitorioso.

Restando 2 minutos e 44 segundos para o intervalo, os Titans deixaram o placar em 28 a 3 com um passe de 75 jardas de Charlie Whitehurst para Justin Hunter. O quarterback, aliás, substituía Jake Locker, que deixou o campo com uma lesão no dedo, e conectou dois TDs em suas primeiras duas tentativas em campo.

Mas aquela que parecia ser uma tarde de festa no Tennessee se tornou em um pesadelo tremendo quando Brian Hoyer comandou uma virada impressionante, com 26 pontos sem resposta.

  • Cardinals 31 x 28 Buccaneers
  • Semana 9 – 08 de novembro de 1987

Em sua última temporada em St.Louis, os Cardinals assustaram e depois premiaram seus torcedores em um jogo eletrizante.

Durante três quartos os Buccaneers dominaram completamente o jogo e entraram nos últimos 15 minutos vencendo por 28 a 3. O tão familiar placar, porém, foi invertido sem a necessidade de uma prorrogação. Neil Lomax conectou três passes para TD, dois para J.T.Smith e um para Robert Awalt, e Niko Noga ainda retornou um fumble por 24 jardas.

Os Cardinals se despediram da cidade com campanha negativa naquela temporada, mas deixou uma grande lembrança para quem foi ao antigo Busch Stadium.

  • Falcons 28 x 34 Patriots
  • Super Bowl LI – 05 de fevereiro de 2017

Um jogo que dispensa apresentações e, por ter o Vince Lombardi em disputa, é considerada a maior virada de todos os tempos.

Por mais que o torcedor dos Falcons não queira, vamos repassar: restando 2 minutos e 12 segundos para o final do terceiro quarto a vantagem de Atlanta era de 28 a 3, com uma performance dominante - com direito a uma "pick 6" de 82 jardas em cima de Tom Brady.

Então foram três touchdowns, duas conversões de dois pontos, e um field goal para empatar o jogo e levar a decisão - pela primeira vez - para a prorrogação. Nela, Matt Ryan nem teve a chance de entrar em campo, e os Patriots levaram seu quinto troféu para casa.

Conheça a história de torcedores dos Patriots que foram embora do Super Bowl LI antes da heroica virada

  • 26 pontos
  • Bills 37 x 35 Colts
  • Semana 4 – 21 de setembro de 1997

Com dois touchdowns no primeiro quarto e quatro field goals no segundo, os Colts deixaram o placar em 26 a 0. Então veio a reação, ainda antes do intervalo.

Os Bills conseguiram diminuir o prejuízo para 26 a 10 antes de irem para os vestiários, e deixaram a diferença em apenas 10 pontos no terceiro quarto. Nos 15 minutos finais os Colts acertaram um field goal, mas o time da casa respondeu com três touchdowns. 

Com cinco minutos no relógio, os Colts tentaram uma nova reviravolta na partida, anotaram um touchdown, mas não conseguiram a conversão de dois pontos, que empataria o jogo.

Rick Stewart /Allsport/Getty
Os Bills, de Antowain Smith, estão duas vezes na lista de viradas
Os Bills, de Antowain Smith, estão duas vezes na lista de viradas

  • 28 pontos
  • Colts 45 x 44 Chiefs
  • Wild Card – 04 de janeiro de 2014

O ano de 2014 começou com tudo. Depois de um começo equilibrado, com 7 a 7 no placar, veio o domínio de Kansas City que, no começo do terceiro quarto, deixou a vantagem em 28 pontos, com o placar de 38 a 10.

A disputa parecia definida, mas Andrew Luck comandou a reação fantástica. Os Chiefs só conseguiram mais seis pontos, com dois chutes de Succop, enquanto os Colts fizeram a festa da torcida com o touchdown da vitória sendo marcado com 4:35 no relógio, na conexão de 64 jardas de Luck para T.Y. Hilton.

John Sleezer/Kansas City Star/MCT/Getty
Luck em ação na heroica vitória em 2014
Luck em ação na heroica vitória em 2014

  • 49ers 38 x 35 Saints
  • Semana 14 – 7 de dezembro de 1980

Com o quarterback Archie Manning, pai de Peyton e Eli, os Saints foram até a Califórnia com campanha 0-13.  Contra os 49ers, que estavam 5-8 e tinham como QB o jovem Joe Montana, em sua sexta partida como titular na carreira, o primeiro tempo foi um atropelamento, terminando com o placar de 35 a 7.

Montana então correu para um TD, passou para dois, e Lenvil Elliott deixou o jogo empatado, levando a decisão para a prorrogação. No tempo extra, um field goal de Ray Wersching, de 36 jardas, deu a vitória aos donos da casa.

Os Saints se salvariam da temporada 0-16 com uma vitória sobre os Jets, na semana seguinte. Já para os 49ers, aquela foi a última vitória do ano, mas a franquia venceria o Super Bowl no ano seguinte. 

  • 32 pontos
  • Bills 41 x 38 Oilers
  • Wild Card – 03 de janeiro de 1993

Bills recuperaram 32 pontos de desvantagem para bater Oilers nos playoffs de 1992

Não foi à toa que passaram a se referir à este jogo como "The Comeback", ou "A Virada".

Na primeira metade da partida, os donos da casa conseguiram apenas um field goal e foram para os vestiários perdendo por 28 a 3 (olha ele de novo aí). Mas as coisas ficaram ainda pior quando Bubba McDowell interceptou um passe de Frank Reich no começo do terceiro quarto, e a partida ficou em 35 a 3.

O QB iria se redimir comandando uma reação impressionante. Foram quatro passes para touchdown, sendo três para Andre Reed e um para Don Beebe. Com um field goal de 26 jardas, Al Del Greco empatou para os Oilers e levou o jogo para a prorrogação, mas Steve Christie acertou um chute de 32 jardas para confirmar a heroica virada de Buffalo.

Na sequência, os Bills eliminaram os Steelers, e venceram a AFC batendo o rival Miami Dolphins na decisão. Porém, no Super Bowl, foram atropelados pelo Dallas Cowboys por 52 a 17, perdendo a terceira das quatro decisões consecutivas.