Varal ESPN

Varal ESPN

Brasil? Que nada! Veja os países que têm mais camisas 10 na Champions League

ESPN.com.br
BENJAMIN CREMEL/AFP/Getty Images
Neymar é camisa 10, um dos cinco brasileiros a terem a honra de vestir esse número
Neymar é camisa 10, um dos cinco brasileiros a terem a honra de vestir esse número

O número 10 é tradicionalmente o do craque do time. Durante a história, vários atletas brasileiros honraram essa camisa, seja no futebol nacional ou internacional. Na atual Champions League, porém, o Brasil já não está mais tão prestigiado quanto em outros tempos, ao menos em relação ao número de camisas 10. 

No momento, há apenas cinco jogadores brasileiros que portam o mais "pesado" dos uniformes na Liga dos Campeões: Neymar (Paris Saint-Germain), Bernard (Shakhtar Donestk), Philippe Coutinho (Liverpool), Jonas (Benfica) e Pedro Henrique (Qarabag).

Destes, nenhum é um meia-armador clássico, como os que costumavam vestir a 10 antigamente. Neymar e Pedro Henrique são atacantes que atuam pelas pontas; Bernard e Philippe Coutinho também são meias que atuam mais pelos lados; e Jonas é centroavante clássico, e trocou recentemente a 17 pela 10.

O país que mais tem nº 10 na Champions, por sua vez, é a Argentina, com seis. 

São eles: Messi (Barcelona), Banega (Sevilla), Dybala (Juventus), Alan Ruiz (Sporting), Aguero (Manchester City) e Bertoglio (Apoel). 

O Brasil aparece no 2º posto, com cinco, e a Holanda completa o pódio, com três.

Alemanha, Suécia e Bélgica vêm na sequência, com dois representantes cada. 

Outros países tradicionais do futebol, como Inglaterra, França e Espanha, possuem apenas um, sendo que o francês (Dembélé, do Celtic) e o espanhol (Óliver Torres, do Porto) nem atuam em seu país natal - a exceção é Kane, do Tottenham.

Curiosamente, três times que estão disputando o torneio não inscreveram nenhum atleta com a 10: Basel, da Suíça, e os italianos Roma e Napoli.

Qual o grupo mais forte da Champions League? Gian, Mauro e Calçade analisam
  • Veja quem são os camisas 10 da Champions por país

ALEMANHA
Marko Marin (Olympiacos-GRE)
Mario Gotze (Borussia Dortmund-ALE)

ARGENTINA
Lionel Messi (Barcelona-ESP)
Ever Banega (Sevilla-ESP)
Paulo Dybala (Juventus-ITA)
Alan Ruiz (Sporting-POR)
Sergio Agüero (Manchester City-ING)
Facundo Bertoglio (Apoel-CHP)

BÉLGICA
Yannick Ferreira Carrasco (Atlético de Madri-ESP)
Eden Hazard (Chelsea-ING)

BRASIL
Neymar (Paris Saint-Germain-FRA)
Bernard (Shakhtar Donetsk-UCR)
Philippe Coutinho (Liverpool-ING)
Jonas (Benfica-POR)
Pedro Henrique (Qarabag-AZE)

CROÁCIA
Luka Modric (Real Madrid-ESP)

ESLOVÊNIA
Dino Hotic (Maribor-ESL)

ESPANHA
Óliver Torres (Porto-POR)

FRANÇA
Moussa Dembélé (Celtic-ESC)

HOLANDA
Arjen Robben (Bayern de Munique-ALE)
Quincy Promes (Spartak Moscou-RUS)
Tonny Vilhena (Feyenoord-HOL)

MONTENEGRO
Steven Jovetic (Monaco-FRA)

ROMÊNIA
Nicolae Stanciu (Anderlecht-BEL)

RÚSSIA
Alan Dzagoev (CSKA Moscou-RUS)

SUÉCIA
Zlatan Ibrahimovic (Manchester United-ING)
Emil Forsberg (RB Leipzig-ALE)

TURQUIA
Oguzhan Özyakup  (Besiktas-TUR)

NÃO POSSUEM
Roma-ITA
Napoli-ITA
Basel-SUI