Fernando Meligeni

Fernando Meligeni

Você realmente acha que está treinando bem?

Fernando Meligeni

Convido você que é um tenista juvenil, um treinador ou pai de tenista a ler este post e, se possível, opinar.

Tenho visto o treino e tenho conversado com tenistas brasileiros juvenis. Por causa disso, decidi conversar com alguns técnicos espanhóis e de outros países para ter um pouco de fundamento no que eu acredito.

A pergunta que fiz vai de encontro, é dura e direcionada aos técnicos que assumem a responsabilidade de treinar juvenis ou atletas em transição. Vocês dormem tranquilos com essa responsabilidade? Estão se informando e vendo o que se pensa e treina lá fora? Ou ainda acham que porque tivemos um Guga o método de trabalho daqui é o correto?

Meligeni avalia anúncio de Federer em não jogar o Aberto da França: 'Fez a decisão certa'

Poucos são os centros de treinamentos aqui no Brasil que não treinam em quatro na quadra. Poucos ou quase nenhum têm bons treinadores que ficam no Brasil e responsáveis do centro com experiência ou até competência para dar o treino. Quando os técnicos dão seu nome ao centro de treinamento, saem em viagens com os melhores.

Poucos lugares estão falando de tática, estratégia e martelam os nossos jogadores da maneira que eles têm que jogar. Vocês sabiam que alguns jogadores entendem olhando, outros escutando, outros fazendo e outros de todas as maneiras? Então, a tese de todos treinarem igual é a clara certeza que esse treino vai dar errado e o jogador vai evoluir muito menos que o esperado.

Sei bem a necessidade de colocar 30, 40 ou até 50 jogadores nos treinos, mas desculpem. Quem tem 50 não pode se chamar de centro de treinamento. Para mim, treinar um jogador é como educar um filho. Você pode até contratar a melhor babá do mundo, mas nunca será educada como os pais educam. Nunca será tratado com o amor da mãe. Pode e será bem tratada, mas no mundo do tênis o ESTÁ TREINANDO LEGAL não é o suficiente. Tem que estar treinando bem para caramba.

Meligeni destaca maturidade de Ostapenko em Roland Garros e diz: 'Já é uma nova estrela'

Outro ponto importante: se você coloca seu filho em um centro de treinamento, negocie o que eles vão te dar. Quem vai treiná-lo, quem vai viajar. Existe o merecimento do menino, mas existe o que se fechou. Treinador é fundamental e eu tenho maior carinho e respeito pelos que me treinaram.

Lembre-se: se teu filho ou você, menino, não conseguir, você não terá outra chance de ser tenista. O técnico tem todo dia.

Treine duro, seja chato, peça espaço. Da tua parte, trabalhe e escute.

  • Recado aos técnicos

Se você, técnico, está pensando agora: "Mas eu falo e ele não faz". Convido você a dizer a ele que vá procurar outro lugar. Ou o lugar é um centro de treinamento ou um centro de lazer. Você decide.

A intenção deste post é alertar, melhorar, ser duro com quem está fazendo um péssimo trabalho. Educar o pai e mostrar ao garoto que se ele quer jogar, só se trabalhar muito duro e com atenção para ter uma chance.

Fernando Meligeni: 'O Rafael Nadal é o maior jogador de saibro de todos os tempos'

O esporte é muito duro. Hoje, o profissionalismo é absurdo. Se o jogador está preocupado com o que come, quantas horas dorme... Imaginem a importância que é o treino!

Ser tenista é muito mais que ir ao clube e bater na bola. Ser tenista é querer ser diferente, chegar ao limite, não ter medo do impossível. Acreditar que o mundo é tua casa e a tua casa é um lugar para passar as férias.

Bons treinos!