Sálvio Spinola

Sálvio Spinola

CBF diz que árbitros estão sendo procurados com 'intenções comprometedoras' por 'células criminosas'

Sálvio Spinola

O Corregedor de arbitragem da CBF, Edson Resende, está muito preocupado com aliciamento aos árbitros que atuam no Campeonato Brasileiro.

Edson Resende, que foi Delegado da Polícia Federal, tem fortes informações que há pessoas "estranhas" procurando os árbitros para oferecer "presentes".

Nesta quinta-feira, o Corregedor enviou circular aos árbitros dizendo que "tem ocorrido contatos de terceiros, inclusive ex-árbitros, com componentes de equipes de arbitragem designadas para atuarem em jogos de competições coordenadas pela CBF, com possíveis intenções comprometedoras".

Os contatos, segundo ele, "têm sido feitos por pessoas que já foram objeto de investigações e até punições por parte de órgãos competentes e com estas atribuições".

"Nestes contatos procuram inserir a arbitragem em diálogos parecidos sem nenhuma conotação criminosa, mas que, na realidade, tentam passar a terceiros possíveis relacionamentos e amizades que levam a crer poderem alcançar objetivos pretendidos a exemplo de manuseio de resultados em partidas que Vossas Senhorias venham atuar", completa.

"Contamos com todo empenho e cuidado necessário visando combater estar células criminosas que ainda insistem obter vantagens com o uso de pessoas sérias que fazem parte do nosso futebol, não importando os meios utilizados para o alcance de seus objetivos", encerra a circular.

Veja, na íntegra, a circular enviada aos árbitros:

Reprodução
Circular enviada aos árbitros pelo corregedor de arbitragem da CBF, Edson Resende
Circular enviada aos árbitros pelo corregedor de arbitragem da CBF, Edson Resende