Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira

Veja a análise de documento sobre as finanças do Vasco que Eurico Miranda levou ao 'Bola da Vez'

Mauro Cezar Pereira, blogueiro do ESPN.com.br

Reprodução TV
Eurico Miranda entrega relatórios sobre finanças e patrimônio do Vasco durante o 'Bola da Vez'
Eurico Miranda entrega relatórios sobre finanças e patrimônio do Vasco durante o 'Bola da Vez'

No último programa Bola da Vez, na ESPN Brasil, o entrevistado foi o presidente do Vasco da Gama. Eurico Miranda, fez questão de entregar, ao vivo, dois documentos a este blogueiro, que foi um dos entrevistadores, ao lado do apresentador João Carlos Albuquerque e do repórter Cícero Mello.

Um deles apresenta a situação patrimonial antes de sua volta ao clube (até dezembro de 2014) e no final de 2016. Fotos mostram a situação de São Januário, da Pousada do Almirante, do ginásio, do parque aquático, o campo anexo, obras estruturais e o CAPRRES (Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo). Pelo que ilustra o documento, o clube melhorou, muito, no período.

Esse relatório só pode ser avalizado por quem frequenta o Vasco da Gama e acompanhou esse "antes de depois". O outro, sob o título "A Realidade Financeira", pode ser analisado por quem domina o assunto. No programa, disse a Eurico Miranda que não sou especialista em finanças de clubes, mas os procuro nessas horas.

Assim, encaminhei o material a Amir Somoggi, profissional especializado em estudos envolvendo balanços dos clubes de futebol. O blog já publicou alguns — clique aqui e leia. A análise do verdadeiro especialista segue abaixo, cabe ao jornalista levá-la a você.

'Peguei o Vasco com R$ 700 milhões de dívida', diz Eurico Miranda

por Amir Somoggi

Os dados estão recortados, ficou difícil explorar muita coisa, mas foi possível analisar o passivo. Acrescentei os dados históricos de 2003 a 2015, mas não houve como calcular a dívida líquida, pois não há dados sobre o ativo. Infelizmente tais informações estão recortadas, não há um balancete completo com todas os detalhes financeiros padronizados e auditados, uma enorme limitação para comparar com os balanços. Abaixo os dados históricos, publicados pelo clube em seus balanços até 2015.

Arte
Roberto chegou à presidência do Vasco em 28 de junho de 2008 e deixou o cargo no final de 2014
Roberto chegou à presidência do Vasco em 28 de junho de 2008 e deixou o cargo no final de 2014

As fontes de receitas.

Arte
Em 2015 houve elevado reajuste nas quotas de TV
Em 2015 houve elevado reajuste nas quotas de TV

O que foi possível foi comparar os dados de 2016 sobre o Passivo e Patrimônio Líquido.

Arte
PL é o patrimônio líquido
PL é o patrimônio líquido

Os números melhoraram. O passivo caiu R$ 62 milhões, ou 11% até julho de 2016.
O PL negativo, ou passivo a descoberto, apresentou melhora de R$ 14 milhões ou 4,6%.
Analisando a composição do passivo em circulante (curto prazo) e não circulante (longo prazo) é possível tirar algumas conclusões.

Arte
Relatório indica queda no passivo total
Relatório indica queda no passivo total

As dívidas de curto prazo foram reduzidas em R$ 31 milhões, ou 14%. Já as de longo prazo tiveram redução de R$ 31 milhões, o equivalente a 8,6%. Está claro que houve uma melhora nos números. Mas é sempre bom lembrar que em 2015, por conta do Profut (Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), o clube recebeu como receitas financeiras R$ 113,5 milhões, ou seja, 60% de tudo o que faturou naquele ano.

O Vasco fechou com superávit histórico de R$ 119,9 milhões, contra déficits de R$ 13,6 milhões em 2014, e deveria apresentar melhoras ainda mais substanciais nos números. O valor recebido por conta do Profut é maior do que o gasto total com futebol do clube em 2015, que foi de R$ 102,3 milhões.

Eurico: 'O dia em que o Vasco não precisar de mim, não fico 30 segundos no Vasco'