Gian Oddi

Gian Oddi

Libertadores x Estadual: entre os oito brasileiros, quais os times mais e menos prejudicados pelo calendário?

Gian Oddi, blogueiro do ESPN.com.br
Getty
Barrios fez sua estreia pelo Grêmio no clássico
Grêmio, de Barrios: quatro jogos decisivos do Gaúcho podem anteceder Libertadores

Começa hoje a fase de grupos da Copa Libertadores de 2017, que tem a presença de oito times brasileiros. Só que, ao mesmo tempo em que jogam o torneio continental, estas oito equipes seguem nas disputas de seus respectivos campeonatos estaduais pelo Brasil.

Partindo do pressuposto que, neste contexto, todas vão priorizar a Libertadores, vamos mostrar quais das equipes terão seus caminhos nas fases agudas dos estaduais (caso cheguem lá, claro) mais ou menos prejudicados pelos jogos agendados para a Libertadores.

A lógica é simples. Em primeiro lugar, consideram-se só os jogos "decisivos" dos estaduais nesta análise (quartas-de-final, semifinais ou finais; nada de primeiras fases modorrentas). No caso do Carioca, semifinais e finais da Taça Rio foram deixadas de lado já que, convenhamos, valem pouco.

Com estas datas em mãos, avaliamos quantos dos jogos importantes nos estaduais antecedem em poucos dias (menos de uma semana) as partidas de cada time na Libertadores. Afinal, nesta conjuntura, é bem provável que os clubes optem por jogar com times mistos ou reservas nos estaduais, reduzindo as chances de sucesso.

O resultado está aí: o Grêmio surge como time com tabela mais complicada, o único com quatro jogos importantes do Estadual antecedendo os de Libertadores. Os Atléticos, junto com o Palmeiras, vêm em seguida com três. O Flamengo tem dois, mas um dele é justamente a inacreditável semifinal em partida única (depois de tanta enrolação...). Santos, Botafogo e Chapecoense, que ainda lutam para avançar em seus estaduais, não terão tantos problemas se conseguirem fazê-lo.

Confira abaixo a lista completa de jogos "comprometidos" dos estaduais entre os oito times brasileiros da Copa Liberadores:

GRÊMIO - 4 jogos
2º jogo das quartas do Gaúcho 9/4, antes da 2ª rodada da Libertadores
1ª semifinal do Gaúcho 16/4, antes da 3ª rodada da Libertadores
2ª semifinal do Gaúcho 23/4, antes da 4ª rodada da Libertadores
1º jogo da final do Gaúcho 30/4, antes da 5ª rodada da Libertadores

ATLÉTICO-MG - 3 jogos
1ª semifinal do Mineiro 16/4, antes da 3ª rodada da Libertadores
2ª semifinal do Mineiro 23/4, antes da 4ª rodada da Libertadores
1ª final do Mineiro 30/4, antes da 5ª rodada da Libertadores

ATLÉTICO-PR - 3 jogos
2º jogo das quartas do Paranaense 9/4, antes da 3ª rodada da Libertadores
2ª semifinal do Paranaense 23/4, antes da 4ª rodada da Libertadores
1ª final do Paranaense 30/4, antes da 5ª rodada da Libertadores

PALMEIRAS - 3 jogos
2º jogo das quartas do Paulista 9/4, antes da 3ª rodada da Libertadores
2º jogo das semifinais do Paulista 23/4, antes da 4ª rodada da Libertadores
1ª final do Paulista 30/4, antes da 5ª rodada da Libertadores

FLAMENGO - 2 jogos
semifinal única do Carioca 23/4, antes da 4ª rodada da Libertadores
1ª final do Carioca 30/4, antes da 5ª rodada da Libertadores

SANTOS - 2 jogos
1ª semifinal do Paulista 16/4, antes da 3ª rodada da Libertadores
1ª final do Paulista 30/4, antes da 4ª rodada da Libertadores

BOTAFOGO - 1 jogo
1ª final do Carioca 30/4, antes da 4ª rodada da Libertadores

CHAPECOENSE - nenhum jogo
Mesmo que chegue às finais do Catarinense, as datas das decisões não antecedem jogos da Libertadores.