Varal ESPN

Varal ESPN

Vendas de camisas do Palmeiras explodem após titulo; Jaílson vira 'febre' e bate Prass em 4 vezes

Diego Garcia, do ESPN.com.br
MARCELLO FIM/FramePhoto/Gazeta Press
Jailson virou ídolo da torcida do Palmeiras no Brasileirão 2016
Jailson virou ídolo da torcida do Palmeiras no Brasileirão 2016

O título brasileiro impulsionou as vendas de produtos oficiais do Palmeiras.

Desde o mês de agosto de 2016 até a semana do jogo decisivo da conquista, as vendas foram 17% maiores em relação ao mesmo período de 2015. E, nas semanas seguintes após levantar a taça do Brasileirão, 50% maiores.

Das peças vendidas, os favoritos do público palmeirense foram os atacantes Gabriel Jesus e Dudu, que representaram 35% das camisas cada. O goleiro Jaílson, que entrou no decorrer da campanha, ficou com 20, quatro vezes mais que o titular Prass, com 5%.

Os demais outros atletas representaram os 5% restantes das vendas.

Mauro Cezar vê Palmeiras com elenco pronto e vinda de novo atacante ligada a renovação de patrocínio

"Mesmo com a crise, o torcedor não deixa de comprar produtos de seu clube. Dentro do planejamento mensal do torcedor, existe um determinado valor para isso. A variedade de opções e preços também contribuíram", afirma Danilo Verrillo, gerente de expansão da Meltex Franchising, administradora das unidades alviverdes.

Outro fator que também contribuiu para esse aumento é a variedade de peças licenciadas disponíveis para o público - são mais de 500 itens produzidos com o símbolo do clube.

As camisas de jogo foram as mais procuradas, com cerca de 60%, mas itens para o público feminino e infantil também foram altos.

Já o quiosque da Academia Store, localizado dentro do Allianz Parque, teve no domingo, dia do jogo contra a Chapecoense, que valeu o título, 100% a mais de vendas.