Klever Kolberg

Klever Kolberg

Rally Dakar 2017 - Motos - 8ª etapa Motos: Vitória de Barreda, Sunderland controla liderança e muita chuva

Klever Kolberg: Piloto, engenheiro, palestrante e comentarista da ESPN
Divulgação
Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally)
Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally)

O espanhol Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally) venceu a 8ª etapa da categoria Motos do Rally Dakar 2017, disputada nesta terça-feira, dia 10/01. O austríaco Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica) foi o segundo colocado, seguido de seu companheiro de equipe, o britânico San Sunderland.

Divulgação - Flavien Duhamel
San Sunderland (KTM 450 Rally Replica)
San Sunderland (KTM 450 Rally Replica)

Sunderland fez uma prova estratégica, muito consistente, sendo mais rápido que os adversários que estão mais próximos na tabela. Com o resultado ele continua como líder na classificação acumulada após oito etapas e novamente ampliou sua vantagem para o segundo colocado na classificação acumulada, chileno Pablo Quintanilla (Husqvarna FR 450 Rally), que ficou com a sétima posição nesta especial.

Já Barreda mostrou que partiu para o ataque total, uma estratégia de quem não tem nada a perder e poucos dias para tentar melhorar seu resultado.

Já o francês Adrien Van Beveren (Yamaha WR 450 F), terceiro colocado na classificação acumulada, assim como Quintanilla, foi bastante conservador. Completou a etapa com o 11º melhor tempo, conseguindo segurar o pódio provisório.

Divulgação - Marcelo Maragni
Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica)
Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica)

Já Matthias Walkner fez algum progresso com o segundo melhor tempo do dia. Ele subiu da quinta para a quarta colocação na classificação acumulada, superando o espanhol Gerard Farres Guell (KTM 450 Rally Replica).

A chuva complicou ainda mais o andar da carruagem. Como aconteceu nas três etapas anteriores, os organizadores foram obrigados a realizar mudanças de última hora no roteiro. A caravana partiu de Uyuni na Bolívia rumo a Salta, na Argentina. Originalmente seriam percorridos um total de 892 km com uma especial de 492 km, válida como parte final da etapa Maratona.

Mas o percurso previa que alguns rios fossem cruzados, o que se tornou impossível devido a elevação do volume de água. Portando a especial foi dividida em duas partes. A primeira seguiu até o km 174, que foi considerado o final de especial para os caminhões. De lá as motos, carros, quadriciclos e UTVs seguiram um deslocamento de 176 km, até a divisa entre Bolívia e Argentina, em Piscuno, onde foi retomada a segunda parte especial. Com estas alterações a especial foi reduzida em 73km.

Deste ponto onde foi finalizada a segunda parte do trecho cronometrado, os competidores deveriam seguir em deslocamento para Salta, porém, a estrada estava impraticável, exigindo mais uma adaptação. O deslocamento final foi interrompido em Tilcara, onde foi improvisado um acampamento de emergência.

A própria organização ainda não forneceu maiores detalhes precisos da continuação da prova, mas certamente a nona etapa também será impactada.

Após oito etapas Ricardo Martins (Yamaha WR 450 F) está na 58ª colocação. Richard Fliter (Honda CRFX 450) vem muito perto, na 62ª posição.

Classificação da 8ª etapa (extraoficial):

1 - Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally): 04:28:21
2 - Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica): + 00:03:51
3 - San Sunderland (KTM 450 Rally Replica): + 00:03:54
4 - Michael Metge (Honda CRF 450 Rally): + 00:04:25
5 - Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS 450 Rally): + 00:06:00

57 - Richard Fliter (Honda CRFX 450): + 00:57:19
62 - Ricardo Martins (Yamaha WR 450 F): + 01:02:10

Classificação Geral após 8ª etapa (extraoficial):

1 - San Sunderland (KTM 450 Rally Replica): 22:01:08
2 - Pablo Quintanilla (Husqvarna FR 450 Rally): + 00:20:58
3 - Adrien Van Beveren (Yamaha WR 450 F): + 00:28:49
4 - Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica): + 00:34:14
5 - Gerard Farres Guell (KTM 450 Rally Replica): + 00:34:24

58 - Ricardo Martins (Yamaha WR 450 F): + 06:38:43
62 - Richard Fliter (Honda CRFX 450): + 06:44:31

A 9ª etapa será disputada na quarta-feira, dia 11/01. Originalmente ele a partiria de Salta rumo a Chilecito. Devido aos problemas meteorológicos que impediram a chegada dos competidores ao acampamento em Salta, acontecerão mudanças no percurso original que teria um total de 977 km com uma especial de 406 km. A organização da prova ainda não divulgou detalhes sobre o novo roteiro.