Varal ESPN

Varal ESPN

Goiás é mais um a romper com a DryWorld; Topper é a nova fornecedora

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br
Divulgação/Dry World
Goias Uniforme Dry World
Contrato entre Goiás e DryWorld durou apenas um ano

Após o Atlético-MG romper seu contrato de cinco anos com a canadense DryWorld depois de apenas uma temporada, o Goiás seguiu exatamente o mesmo caminho.

Nesta segunda-feira, a equipe alviverde anunciou que a Topper será sua nova fornecedora em 2017, assim como no Galo.

O vínculo com os goianos será de quatro anos, e prevê o desenvolvimento de todo o material das equipes de futebol profissional, base, escolinha e esportes olímpicos.

"Celebramos a 'nova' parceria com essa gigante empresa do mercado de material esportivo, com quem já tivemos feliz experiência entre os anos de 2003 e 2005. Optamos por uma marca de base sólida e de reconhecidos serviços já prestados ao futebol brasileiro. São 40 anos de tradição! Fatores esses imprescindíveis ao perfil de gestão do Goiás. Que sua marca, ao lado de nosso escudo, possa sempre estar reluzentes pelo suor de nossos guerreiros, celebrando as vitórias que buscaremos", declarou o presidente do Goiás, Sérgio Rassi.

Veja os gols da vitória por 2 a 1 do Goiás sobre o Sampaio Corrêa 

Ainda não há data para divulgação do novo modelo.

Além de Atlético-MG e Goiás, o Fluminense, outro clube que havia assinado com a DryWorld, é mais um que deve rescindir em breve com a empresa do Canadá.

A companhia decepcionou as equipes com quem assinou, apresentando dificuldades no repasse de diversos itens e atrasando pagamentos, principalmente devido a uma briga na Justiça entre matriz no Canadá e filial brasileira.

Na Europa, a DryWorld também enfrenta problemas, o que fez o Watford, da Inglaterra, já rescindir o vínculo de três anos após somente sete meses, assinando com a Adidas.