Fernando Meligeni

Fernando Meligeni

Minha lista de desejos para o Bom Velhinho

Fernando Meligeni, blogueiro do ESPN.com.br
Getty
Papai Noel

Fui andando em direção ao querido velhinho pensando nos meus pedidos de Natal. Este ano queria sair do clássico, do normal.

Ao me sentar, me senti feliz. Ele nos traz muita paz, esperança e uma credibilidade única.

Sua voz doce e direta me pergunta. Você sabe o que gostaria de receber do Papai Noel?

Fiquei por um momento na dúvida se devia. Em tempos de tanta coisa ruim, o Bom Velhinho tinha muito trabalho com as crianças e seus presentes. Eu ali, na sua frente, querendo que ele fizesse quase um milagre. Não me intimidei e pedi para ele ter atenção, que os presentes seriam difíceis e ou quase impossíveis. Mas que queria, pelo menos, tentar.

Ele com toda a sua calma me disse: “Pode pedir. Farei meu melhor.”

1 - Quero que nossos meninos sejam mais bem treinados, com uma estrutura muito melhor que temos hoje. Queria ver um projeto sério com a preocupação de formar tenistas que entendam o que é tênis, treino, trabalho, tática e estratégia.

2 - Quero ver nosso tênis unido. Não precisamos ser amigos. Não precisamos passar o Natal na casa do outro, mas todos ou quase todos dando um pouco de tempo e esforço pelo fim maior que é o tênis. Nunca mais escutar a frase “DE QUE LADO VOCÊ ESTÁ?“

3 - Queria ver as pessoas que entendem de tênis, que amam o esporte e fizeram coisas importantes sendo escutadas, reconhecidas, respeitadas e não esquecidas e tratadas como pessoas que nada tem para ajudar.

4 - Queria ver a união entre técnicos. Troca de informação, treinos entre academias e clubes. Ajuda mútua. Um abrindo espaço para o outro.

5 - Queria ver nosso esporte fora dos noticiários de MP, PF, escândalos, ações, brigas, desunião, diz que diz. Simplesmente trabalhando com seriedade e sendo 110% correto.

6 - Mudança no estatuto e votação de clubes, tenistas, técnicos, preparadores físicos e todos que fazem o tênis. Acabar de uma vez com presidente vota em presidente. Já se mostrou que essa fórmula não dá certo. Ah, e acabar com votação na calada da noite para não dar tempo para a oposição.

7 - Mais engajamentos dos nossos melhores tenistas com a molecada, com a galera que está chegando. Treinar, dar conselhos, jogar duplas com eles, dar bronca, levar para torneios... Fazer o papel de ídolo e de 1,2,3 ou 4 do país.

8 - Ter pessoas mais atuantes no nosso esporte. Pessoas que vivam apenas disso. Vivam para o tênis, sejam abertas e sejam cabeça aberta. Pessoas competentes.

9 - Que o Centro de Tênis do Rio vire algo produtivo. Um centro de excelência com tudo que o tênis merece. Ótimos treinadores, melhores preparadores físicos, nutricionistas, psicólogos, tenistas de todas as idades treinando com um time multidisciplinar. O centro de treinamento do Brasil.

10 - Que o tênis volte a sorrir. Que o tênis continue a educar. Que o tênis encante, ensine e leve esperança aos jovens, adultos e todos que gostem deste maravilhoso esporte.

Ao terminar meus pedidos, o Bom Velhinho me olhou com carinho e disse: “Querido, o que você quer não é o bem do tênis. Você quer o bem da humanidade. O que você pediu é o mínimo que temos e podemos esperar. Menos que isso não é aceitável. Você não está errado. Eu não vou conseguir te ajudar, mas tenho certeza que cada um que ler estas linhas pode fazer isso.”

Feliz Natal. Que 2017 nos traga mais felicidade e caminhos abertos.

Volto a escrever no ano que vem, ou se alguma coisa muito importante acontecer.

espn na tv
Tênis
+ destaques»

AUSTRALIAN OPEN - DE 16/01 A 29/01

  • ESPN
  • Watch ESPN

Siga aESPNnas redes sociais