Sálvio Spinola

Sálvio Spinola

Cartão amarelo por comemoração de gol: árbitro tem que se enquadrar à competição

Sálvio Spinola, blogueiro do ESPN.com.br
Gazeta Press
Atacante Gilberto comemorou gol de pênalti junto à torcida no Maracanã
Atacante Gilberto comemorou gol de pênalti junto à torcida no Maracanã

O que diz a regra?

Punir o excesso.

Este é o texto da regra. Expressar a emoção em fazer o gol com coreografias é permitido, o árbitro deve punir caso seja excessivo, tenha perda de tempo ou a comemoração seja desrespeitosa com adversário ou torcida.

Deve mostrar cartão amarelo quando o jogador subir no alambrado em volta do campo, quando tirar a camisa ou utilizar máscara para cobrir o rosto.

E as arenas que não tem alambrados?

Aí está a polêmica.

A Fifa orientou os árbitros que atuaram na Copa do Mundo para não considerar a escada de acesso do campo às arquibancadas como alambrado e, portanto, não mostrar cartão amarelo para jogadores que sobem as escadas na comemoração de gol.

A CBF orientou os árbitros de forma diferente, subir na escada é considerada conduta antidesportiva, que na regra, a ação é para catão amarelo. Abaixo a íntegra do texto da circular da CBF aos árbitros:

"Nos estádios que tenham escadas de segurança, os atletas devem ser orientados por seus clubes para não subir nelas para comemorar gols, pois isso caracteriza conduta antidesportiva."

No Campeonato Carioca, a comissão de arbitragem da Ferj considerou a orientação da Fifa, não mostrar cartão amarelo quando o jogador subir a escada para comemorar gol. Esta instrução foi passada em palestra na pré-temporada dos árbitros.

No jogo da chuva entre Vasco e Flamengo, Alecsandro recebeu cartão por comemorar o gol, segundo o árbitro, porque ele se excedeu e pegou o guarda-chuva.

Gazeta Press
Alecsandro fez a festa na chuva e garantiu vitória do Flamengo no clássico
Alecsandro celebrou gol com guarda-chuva e recebeu amarelo

No jogo Flamengo x Bangu, o jogador Pará recebeu cartão amarelo por subir na escada na comemoração de gol. Segundo a Comissão de Arbitragem da Ferj, foi erro do árbitro.

E na semifinal Vasco x Flamengo, no gol de pênalti do Gilberto, que já tinha cartão amarelo, ele subiu na escada e... confusão, polêmica.

Confusão e polêmica porque fazem normas diferentes e as entidades não são integradas.

E a cabeça do árbitro? Tem que se enquadrar de acordo com cada competição que esteja apitando.