Dois meses depois de sofrer lesão grave, ala dos Celtics está próximo de retirar a bota ortopédica

ESPN.com.br
GettyImages
Hayward sofreu uma fratura no pé esquerdo no primeiro jogo pelo Boston Celtics
Hayward sofreu uma fratura no pé esquerdo no primeiro jogo pelo Boston Celtics

Cerca de dois meses depois de uma noite trágica para Gordon Hayward, novidades positivas acerca de sua recuperação surgiram nesta quinta-feira. De acordo com Danny Ainge, Presidente de Operações da franquia, nas próximas semanas o ala poderá deixar de usar a bota ortopédica para avançar ao próximo estágio da reabilitação.

A informação revelada pelo executivo veio um dia após a esposa de Hawyard, Robyn, publicar nas redes sociais um vídeo onde o jogador dos Celtics aparece sem esta bota. Em um programa de rádio, Ainge afirmou que a recuperação do ala está acontecendo dentro dos conformes, mas que a ideia é que ele só retorne na temporada 2018/19.

"Sua reabilitação está correndo bem, no tempo certo. Alguns dias, ele consegue fazer exercícios duas vezes ao dia. Nas próximas etapas, estima-se que ele possa retirar a bota ortopédica. Entretanto, nem ele e nem os médicos estão prontos para definir um prazo para o seu retorno", afirmou Ainge.

Um instante, Gordon Hayward, um instante; veja a crônica sobre a lesão do jogador dos Celtics

"Ele não chegou a afirmar que quer voltar ainda nesta temporada, mas você sabe como são os atletas profissionais. Ele quer se recuperar mais rápido do que qualquer outro jogador fez quando sofreu uma lesão deste tipo. Ele é muito competitivo, além de comprometido com sua reabilitação", continuou o executivo.

Tido como uma das grandes movimentações da última intertemporada da NBA, Gordon Hayward trocou o Utah Jazz pelo Boston Celtics. Ao lado de Kyrie Irving, a expectativa acerca de seu desempenho era alta, mas, durante a estreia da equipe contra o Cleveland Cavaliers, o ala sofreu uma grave lesão e fraturou o tornozelo esquerdo.