'League of Legends': Turtle deixa a INTZ e tem caminho livre pra assinar com a CNB

ESPN.com.br

Riot Games
Depois de um ano, Turtle deixa de ser um intrépido
Depois de um ano, Turtle deixa de ser um intrépido

O caçador Gabriel "Turtle" Peixoto não defenderá o time  de League of Legends da INTZ em 2018, revelou a organização nesta quarta-feira (6). O jogador, inclusive, já está negociando com outra a equipe, a CNB e-Sports Club, conforme apurou o ESPN Esports Brasil, na segunda-feira (4). A informação também foi veiculada pelo SporTV.

Turtle foi contratado em dezembro do ano passado para a difícil missão de substituir Gabriel "Revolta" Henud que, na época, estava de saída da INTZ para atuar pela Vivo Keyd. Durante três meses o jogador foi o titular absoluto. Porém, desde março, com a entrada de Diogo "Shini" Rogê e, consequentemente, o revezamento na posição, o caçador foi perdendo espaço.

Em um ano vestindo a camisa intrépida, o jogador não conseguiu nenhum título. Nas duas etapas do Campeonato Brasileiro (CBLoL) 2017, apesar das ótimas campanhas durante a Fase de Classificação, a INTZ terminou na quarta colocação, após derrotas sofridas nas semifinais para Keyd e paiN Gaming, respectivamente.

O caçador é a terceira baixa da equipe para a temporada do próximo ano. Em outubro, os intrépidos anunciaram a saída do atirador Micael “micaO” Rodrigues e do suporte Luan “Jockster” Cardoso, dupla que fez história conquistando três etapas do CBLoL em três anos. Os dois jogadores continuarão atuando juntos, mas agora pela Keyd, com a qual assinaram no mês passado.

Na contramão das saídas, os intrépidos anunciaram contratações de dois jogadores: o atirador Luis "Absolut" Felipe Carvalho, vencedor da segunda etapa do CBLoL 2017 pela Team oNe, e o suporte Pedro "Ziriguidun" Vilarinho, que estava sem equipe desde que deixou a Vivo Keyd, em agosto.

Conforme informações obtidas pela Reportagem, Turtle está em negociações avançadas com a CNB. De acordo com o SporTV e confirmado pelo ESPN Esports Brasil, os blumers também estão negociando com o topo Leonardo “Robo” Souza, ex-Red Canids Corinthians, e o suporte  Gustavo “Baiano” Gomes, sem clube desde o término do contrato com a Big Gods Jackals, equipe com a qual disputou a 2ª divisão da América do Norte (Challenger Series) neste ano.