403 dias, 42 jogos, 34 vitórias: os números do fim da incrível invencibilidade de Gabriel Jesus

ESPN.com.br

Getty
Gabriel Jesus, em derrota do Manchester City para o Shakhtar Donetsk na Uefa Champions League
Gabriel Jesus, em derrota do Manchester City para o Shakhtar Donetsk na Uefa Champions League

A derrota por 2 a 1 para o Shakthar Donetsk teve pouco impacto para o Manchester City, já classificado, na Uefa Champions League. O resultado, contudo, encerrou uma incrível invencibilidade do brasileiro Gabriel Jesus, que não sabia o que era uma partida há exatos 403 dias. 

A última vez que o atacante entrou em campo e saiu com um revés havia sido em 29 de outubro de 2016, quando ainda atuava pelo Palmeiras – na ocasião, caiu diante do Santos, por 1 a 0. Ou seja, em toda passagem pelo Manchester City, Jesus ainda não havia sido derrotado.

No período de mais de um ano sem perder, o brasileiro entrou em campo 42 vezes – ficou três meses afastado por uma lesão no pé direito no início de 2017 –, entre compromissos com o City, seleção brasileira e Palmeiras, tendo vencido 34 e empatado oito.

A maioria dos jogos foi já no futebol inglês, onde entrou em campo 32 vezes, venceu 27 e empatou cinco. Com a seleção, foram seis jogos, com quatro triunfos e dois empates. Fecham a conta, quatro compromissos com o Palmeiras, três vencidos e um que terminou empatado.

Veja números da invencibilidade de Gabriel Jesus

 

  • 29
  •  
  • de outubro de 2016 havia sido o dia da última vez que Gabriel Jesus perdeu um jogo oficial até o revês para o Shakhtar Donetsk.
  • 403
  •  
  • dias se passaram entre aquela derrota na Vila Belmiro, para o Santos, até a desta quarta-feira, pela Uefa Champions League.
  • 42
  •  
  • jogos fez Jesus neste período, 32 pelo Manchester City, seis com a seleção brasileira e mais quatro com o Palmeiras.
  • 34
  •  
  • vitórias conseguiu Jesus durante a invencibilidade, 27 com o City, quatro com a seleção brasileira e três com o Palmeiras.
  • 8
  •  
  •  jogos da série invicta de Jesus acabaram empatados, cinco com o City, dois com a seleção brasileira e mais um com o Palmeiras.