Messi vê Brasil, Alemanha, França e Espanha à frente da Argentina

EFE
REUTERS/Marcos Brindicci
Messi elogiou a seleção do Brasil
Messi elogiou a seleção do Brasil

Lionel Messi, que no ano que vem disputará a última Copa do Mundo da carreira e irá mais uma vez em busca de seu primeiro título pela seleção argentina principal, comentou nesta quarta-feira sobre as chances da 'Albiceleste' na Rússia e disse ver quatro concorrentes em um patamar mais alto.

"O Brasil está muito bem, a Alemanha sempre é favorita, a França está muito bem, e a Espanha tem grandes jogadores. Acredito que, no momento, essas seleções estão acima de nós", afirmou o craque do Barcelona à emissora de televisão "TyC Sports".


"É fato queremos melhorar se almejamos ser campeões do mundo. Como estamos atualmente não conseguiríamos", completou o camisa 10, que destacou ainda haver tempo para que o time do técnico Jorge Sampaoli evolua.

A Argentina está no grupo D da Copa e estreará contra a Islândia. A segunda partida da bicampeã mundial será contra a Croácia, e a terceira, diante da Nigéria.

"Será importante começar vencendo contra a Islândia, um adversário muito organizado, muito complicado de um futebol muito físico. Eles vêm de fazer uma Eurocopa muito boa", lembrou Messi, em referência à presença dos islandeses nas quartas de final logo em sua primeira participação no torneio continental.

Sobre a Croácia, destacou ser um rival que deixa jogar um pouco mais que a Islândia, e, a respeito da Nigéria, destacou que as seleções africanas são imprevisíveis.

Por fim, o capitão da 'Albiceleste' fez lobby pela presença de Gonzalo Higuaín no Mundial. O jogador da Juventus não vem sendo convocado por Sampaoli.

"Ele tem que estar (na Copa). É um jogador fundamental, demonstra isso a cada fim de semana pela Juventus. É um dos melhores centroavantes do mundo", elogiou.