Jovem Guilherme Costa bate recorde sul-americano dos 1500m

Agência Gazeta Press

Divulgação/CBDA
Costa conquistou medalha de ouro nesta quarta
Costa conquistou medalha de ouro nesta quarta

Uma das principais apostas do Brasil para os Jogos Olímpicos de 2020, que será realizado no Japão, o jovem Guilherme Costa quebrou um recorde internacional nesta quarta-feira. No primeiro dia de competições no Open de Natação, no Rio de Janeiro, Costa se tornou o primeiro atleta sul-americano a nadar abaixo dos 15 minutos na prova de 1500m livre.

“Fico muito feliz com essa marca que venho perseguindo há bastante tempo. Há algumas semanas, foi por pouco, mas hoje consegui. Agradeço a todos que torceram por mim. Ali na piscina as vezes é difícil de ouvir, mas com certeza lá no fundo a gente sente a energia positiva da galera que estava fora”, afirmou Guilherme Costa, conhecido como “Cachorrão”.

O brasileiro nadou os 1500m livre em 14min59s01, e de quebra bateu o recorde brasileiro e do Open de Natação do Rio. Miguel Valente ficou com a prata, e Diogo Vilarinho com o bronze.

Outro destaque do dia foi a medalha de bronze da experiente Poliana Okimoto, que disputa sua última competição de piscina na carreira. A brasileira ficou com o terceiro lugar na prova de 800m livre, atrás de Aline Rodrigues, que ficou com a prata, e Viviane Jungblut, com o ouro.

“Estou tentando aproveitar cada momento e deixar um legado para os atletas que estão vindo. Além disso, quero pontuar para o meu clube que é um dos objetivos aqui. Queria ter nadado um pouco melhor, mas estou feliz em viver esse momento”, destacou Poliana.

O experiente Nicholas Santos também subiu no pódio nesta quarta. O nadador disputou a prova de 50m borboleta, sua especialidade, e ficou com ouro ao completar o trajeto em 22s95. Henrique Martins foi prata, e o campeão olímpico César Cielo ficou com o bronze.