Bernard faz golaço, Shakhtar quebra invencibilidade do City, elimina Napoli e vai às oitavas

ESPN.com.br
Getty
Bernard abriu o caminho para a vitória e para a classificação do Shakhtar
Bernard abriu o caminho para a vitória e para a classificação do Shakhtar

O Shalhtar Donetsk está nas oitavas de final da Uefa Champions League. Jogando em casa, o time não quis saber da enorme invencibilidade do rival e aproveitou o time misto que o líder do grupo mandou a campo: fez 2 a 1 para cima do Manchester City e carimbou a vaga para a próxima fase da competição.

Muito graças a Bernard.

Aos 25 do primeiro tempo, o meia recebeu pela esquerda dentro da área e aproveitou a dúvida do zagueiro na marcação para abrir e espaço e bater cruzado, com perfeição. A bola morreu no ângulo do goleiro Ederson.

Um gol e tanto para marcar justamente no dia em que Tite, técnico da seleção brasileira, estava nas arquibancadas para assistir ao duelo.

O Shakhtar aproveitou o momento e abriu vantagem seis minutos depois, de novo com um brasileiro. Marlos lançou, Ederson saiu mal do gol e Ismaily aproveitou para ficar com a bola, livre, só com o trabalho de rolar para o gol vazio.

No time misto do City, Jesus começou como titular. E teve uma boa chance aos 41 do primeiro tempo. Ele recebeu de Foden e ficou na cara do goleiro, mas tentou o drible e acabou sendo desarmado.

Já nos acréscimos da etapa final, Jesus, em posição de impedimento, sofreu pênalti. Na cobrança, Aguero bateu com muita categoria para diminuir o placar.

Mas não foi o suficiente para evitar que o time inglês fosse derrotado pela primeira vez na temporada. E perdeu uma invencibilidade que já durava 28 partidas oficiais, desde a semifinal da Copa da Inglaterra, quando caiu para o Arsenal em 23 de abril.

Mesmo assim, a derrota não muda nada na Champions. Afinal, o time já tinha o primeiro lugar do grupo garantido.

Para o Shakhtar, porém, o resultado era fundamental. Com 12 pontos, a equipe ucraniana carimba a ida às oitavas de final da competição.

Os dois clubes agora aguardam o sorteio da próxima segunda-feira para conhecerem seus adversários na próxima fase.

Bem verdade, porém, que o Napoli nem fez a parte dele – o que já garantiria a classificação do Shakhtar. Os italianos até saíram na frente, mas acabaram perdendo por 2 a 1 para o já eliminado Feyenoord.

Zielinski abriu o placar para o Napoli, mas Jorgensen e St. Juste buscaram a virada.

Mesmo assim, os italianos ficaram com a vaga na Liga Europa, e os holandeses saíram de mãos abanando do torneio.