Real Madrid envia carta e emociona jogador inglês que rompeu ligamentos do joelho pela 2ª vez aos 23 anos

ESPN.com.br
Getty
Duncan Watmore, do Sunderland, sofreu sua segunda grave lesão aos 23 anos
Duncan Watmore, do Sunderland, sofreu sua segunda grave lesão aos 23 anos

Apenas aos 23 anos de idade, o meia Duncan Watmore vive um verdadeiro drama em sua vida.

Mesmo muito jovem, o jogador sofreu, no último dia 18 de novembro, em partida de sua equipe, o Sunderland, contra o Millwall, pela segundona inglesa, sua segunda lesão nos ligamentos do joelho em pouco tempo de carreira.

O atleta recebeu diversas manifestações de força e carinho pelas redes sociais, mas uma em especial, à moda antiga, o emocionou.

Quando chegou para mais um dia de fisioterapia e tratamento da lesão, Watmore se deparou com uma carta timbrada do Real Madrid e assinada por Emilio Butrageño, lenda do clube e, hoje, diretor de relações institucionais merengue, desejando-lhe uma pronta recuperação.

"Em nome de nosso presidente, Florentino Pérez, e daqueles que trabalham no Real, nós gostaríamos de desejá-lo uma suave e rápida recuperação de lesão no joelho. Saudações cordiais, Emilio Butrageño", aparece no papel.

Por meio de sua conta oficial no Twitter, Ian Watmore, pai de Duncan, postou o objeto e rasgou elogios à equipe espanhola.

"Duncan foi para a reabilitação hoje e encontrou esta carta esperando por ele. Quão elegante é o Real Madrid? Agora espero que eles vençam a Champions League", escreveu.

Duncan Watmore é natural de Manchester, na Inglaterra, onde fez testes e acabou recusado pelo United, aos 12 anos. Aos 17, assinou com o pequeno Altrincham, clube semiprofissional que disputa atualmente o equivalente à sétima divisão nacional e, dois anos depois, foi descoberto pelo Sunderland.

Em 2015, o meia completou faculdade de economia e administração de empresas, pela Universidade de Newcastle. Ele doa 1% de seu salário nos Black Cats a instituições de caridade ajudadas por um projeto do astro espanhol Juan Mata, do Manchester United.