Ferrari esta cada vez mais perto de deixar a Fórmula 1 em 2021

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Getty
Scuderia pode estar deixando a Fórmula 1
Scuderia pode estar deixando a Fórmula 1

Uma das mais importantes e tradicionais construtoras podem não estar na Fórmula 1 em 2021. A Ferrari, a única equipe que compete na F1 desde a temporada inaugural de 1950, não está nada contente com plano de motores da Liberty, que entrará em vigor daqui aproximadamente três anos, e há possibilidades dos italianos abandonarem a posição na modalidade.

“O diálogo começou e continuará a evoluir. Temos tempo até 2020 para encontrar uma solução que irá beneficiar a Ferrari, e a ameaça da Ferrari de sair da Fórmula 1 é séria, o acordo com Sauber expira em 2020-2021, quando a Ferrari poderia sair”, afirmou o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne.

Com montanha-russa de 112m, Ferrari inaugura parque de diversões na Espanha

“Nós temos que encontrar uma solução que seja boa para a categoria, mas também temos que ser claros sobre as coisas que não podemos comprometer. Eu não quero ver a Ferrari sair, mas não tenho certeza de que seja uma coisa boa para a Ferrari deixar a Fórmula 1", ressaltou o presidente da FIA e ex-líder da Ferrari na Fórmula 1, Jean Todt no período em que esteve em Abu Dhabi para a última prova do ano na modalidade.

O presidente também destacou a importância que a marca da construtora italiana tem no mundo esportivo e do automobilismo. "A Ferrari é uma marca única, combinada entre corridas e carros de rua, então acho que seria doloroso para a Ferrari não estar na Fórmula 1.”

Nesta temporada, a Ferrari tinha a expectativa de conseguir o título mundial com Sebastian Vettel,porém o britânico Lewis Hamilton fez mais uma excelente campanha e venceu no final do ano. Vale lembrar que o prodígio alemão já tem quatro conquistas na F1, mas todas as conquistas foram quando o piloto estava na Red Bull.