Dois dias após oficializar retorno, paiN se classifica para major de 'Dota 2'

ESPN.com.br

PGL
Kingrd e seus companheiros conseguiram mais uma vaga internacional
Kingrd e seus companheiros conseguiram mais uma vaga internacional

O terceiro major do circuito profissional 2018 de Dota 2 contará com a presença de uma equipe brasileira. Um dia após revelar que está retornando para a modalidade, a paiN Gaming classificou-se para o Galaxy Battles II, nesta quinta-feira (30), após vencer a seletiva destinada a América do Norte.

Na grande final, o time derrotou os peruanos da Sacred por 2 a 0. O major será o segundo torneio internacional que a paiN disputará no ano que vem. A equipe também estará presente no minor Captain Draft 4.0, em janeiro de 2018,  para o qual obteve vaga ao “contratar” a formação que se classificou para o torneio e que vinha defendendo o Midas Elite Club.

Sendo disputada pela internet desde o dia 20 de novembro, a seletiva contou com a participação de dez equipes: oito convidadas e duas vindas de um classificatório aberto. Junto com a SG e-sports, a paiN entrou na competição diretamente na semifinal, onde bateu a T Show por 2 a 0 e chegou a decisão.

Apesar de já estar competindo na modalidade desde o início deste mês, a organização só oficializou o retorno ao Dota 2 na terça-feira (29). A formação que vem disputando os campeonatos conta com ex-integrantes da Midas. O clube, entretanto, não confirmou que os jogadores fazem parte do elenco definitivo.

A paiN é a segunda equipe brasileira a se classificar para um major de DotA 2 após as mudanças feitas pela Valve no circuito oficial de competições. No mês passado, a SG integrou a lista de participantes da ESL One Hamburg 2017, que abriu o calendário 2018.

Com premiação de US$ 1  milhão e a participação de 16 equipes, o major Galaxy Battles II será disputado de 15 a 21 de janeiro em Bulacan, nas Filipinas.