Arsenal x United será primeiro jogo de 1 bilhão de libras da história da Premier League; ESPN Brasil mostra

ESPN.com.br
Laurence Griffiths/Getty Images
Arsenal e United se enfrentam neste sábado, às 15h30 (de Brasília), no Emirates
Arsenal e United se enfrentam neste sábado, às 15h30 (de Brasília), no Emirates

A Premier League irá testemunhar neste sábado seu primeiro "jogo de 1 bilhão de libras", assim que Arsenal e Manchester United entrarem em campo para se enfrentarem às 15h30 (de Brasília), no Emirates Stadium, com transmissão ao vivo e exclusiva da ESPN Brasil e do WatchESPN, além de cobertura em tempo real com vídeos do ESPN.com.br. A medição é da consultoria Vysyble, especializada em análises financeiras do mundo do futebol. 

Isso ocorre porque os orçamentos combinados dos dois gigantes ultrapassa a marca de 1 bilhão de libras (R$ 4,42 bilhões).

O Arsenal, mandante neste sábado, apresentou um balanço com receita de 424 milhões de libras (R$ 1,87 bilhão) em 2016/17, enquanto o United teve na última temporada sua maior receita na história: 581 milhões de libras (R$ 2,57 bilhões). Somados, os adversários têm 1,05 bilhão de libras (R$ 4,65 bilhões) em receitas.

Para se ter uma ideia de quanto isso representa, seria o suficiente para pagar três dias de serviço do National Health Service, o SUS da Inglaterra, ou construir 22 novas escolas na Grã-Bretanha, de acordo com cálculos da consultoria. 

De acordo com Roger Bell, fundador da Vysyble, os números alcançados por Gunners e Red Devils são "impressionantes".

"(O primeiro jogo de 1 bilhão de libras) É um feito impressionante para a Premier League, em termos de refletir o sucesso que foi alcançado em reforçar as receitas a partir de novos e lucrativos contratos de direitos de imagem para televisão", afirmou o analista.

Bell, no entanto, também observou que as receitas gigantescas dos gigantes ingleses não estão se refletindo em lucro ao final do balanço, já que todos eles vêm gastando quantias exorbitantes na aquisição de novos jogadores nas últimas janelas, além dos salários nababescos que vêm com essas contratações. 

Assista aos gols da vitória do Arsenal sobre o Huddersfield por 5 a 0!

Os prejuízos de Arsenal e United, no entanto, não chegaram a ser tão alarmantes.

Os Gunners, por exemplo, fecharam em apenas 4,2 milhões de libras (R$ 18,6 milhões) de libras no vermelho.

O "buraco" dos "Diabos Vermelhos", por sua vez, foi um pouco maior: 16,3 milhões de libras (R$ 72,2 milhões).

O "jogo de 1 bilhão de libras" deste sábado, aliás, ocorre poucas semanas depois da Premier League ter iniciado o processo de venda dos direitos de transmissão de TV no mercado doméstico para o período entre 2018 e 2021. 

Assista aos gols de Watford 2 x 4 Manchester United

Segundo a Vysyble, o preço do pacote cresceu 70% do período anterior para o atual no mercado estrangeiro (de onde vêm a maior parte do dinheiro da liga hoje), mas deve se manter em patamar similar ao atual dentro da Inglaterra.

Não à toa, os clubes chamados de "Big Six" (as seis equipes de maior faturamento do Inglês, que são Manchester United, Manchester City, Liverpool, Chelsea, Arsenal e Tottenham) tentaram convencer recentemente os times menores a aceitarem mudanças na forma de distribuição dos direitos de TV do mercado estrangeiro, já que consideram que os clubes mais ricos devem reforçar seu marketing global como forma de fortalecer o futebol inglês.

A tentativa, porém, fracassou, e a distribuição segue inalterada.

De acordo com Roger Bell, porém, os gigantes ingleses seguirão tentando aumentar seus orçamentos de alguma forma.

"Nós seguimos nos preocupando com a 'saúde' financeira da liga a longo prazo, já que a missão contínua dos clubes por maiores receitas irá inevitavelmente levá-los a tentar olhar além do formato competitivo atual", salientou. 

Golaço de Sigurdsson, do Everton, lidera o Top10 da rodada da Premier League; veja a lista completa

No duelo deste sábado, o Manchester United, 2º colocado do torneio com 32 pontos (oito a menos que o Manchester City) precisa da vitória se quiser seguir na briga pelo título. Já o Arsenal, 4º com 28 pontos, necessita da vitória se não quiser ser tirado da zona da Champions pelo Liverpool, que está em sua cola.

Da última vez que os rivais se enfrentaram, em maio deste ano, o clube de Londres venceu por 2 a 0.

Na estatística geral, porém, os "Diabos Vermelhos" levam a melhor: 96 vitórias, contra 82 do Arsenal, além de 47 empates.