Atlético-GO empata com a Chapecoense e está rebaixado para a Série B

ESPN.com.br
Brasileiro: Gols de Atlético-GO 1 x 1 Chapecoense

O Atlético-GO é o primeiro time rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, em duelo válido pela 36ª rodada, o Atlético recebeu a Chapecoense no estádio Olímpico e ficou no empate por 1 a 1. Túlio de Melo marcou para a Chapecoense, enquanto Luiz Fernando empatou no fim do jogo.

O time visitante abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo. Reinaldo bateu escanteio da direita e Túlio de Melo testou firme no canto direito, sem chances para o goleiro.


O empate do Atlético-GO ocorreu aos 46 minutos da segunda etapa. Jefferson Nem cruzou da direita, Moisés Ribeiro resvalou de cabeça, Luiz Fernando dominou na esquerda da área, cortou Apodi e chutou no canto direito, vencendo Jandrei: 1 a 1. No entanto, o empate não foi suficiente para evitar a queda do time goiano. 

Com o resultado, os comandados de Gilson Kleina chegaram aos 48 pontos conquistados, com 13 vitórias, nove empates e 14 derrotas. O time não perde há oito partidas no campeonato. Por outro lado, o Atlético Goianiense continua na lanterna isolada, com 34 pontos, já rebaixado.

Na próxima rodada, a Chapecoense vai até a Arena Fonte Nova para encarar o Bahia, outra equipe que se livrou recentemente do rebaixamento com uma boa sequência e que sonha com Libertadores, às 19h00 (horário de Brasília) do próximo domingo. Já o Atlético-GO, sem pretensões na disputa, viaja até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Grêmio, às 17h00 (horário de Brasília) do mesmo dia.

O jogo

A primeira etapa de partida foi marcada pelo domínio do Atlético Goianiense. Apesar de controlar o ritmo ofensivo do confronto, os comandados de João Paulo Sanches não finalizavam bem: Diego Rosa e Jorginho isolaram suas chances no início do duelo, enquanto William Alves desperdiçou uma boa tentativa.

Mesmo bem no jogo, o Atlético-GO não conseguiu aproveitar suas oportunidades e viu a Chape abrir o placar. Depois de cobrança de escanteio de Reinaldo, Túlio de Melo ganhou pelo alto e escorou de cabeça para o fundo do gol, inaugurando o marcador.

No segundo tempo, o jogo esfriou, mesmo com a necessidade do resultado por parte do time goiano. Aliás, a primeira boa chance do período foi da Chapecoense. Apodi fez boa tabela pela lateral do campo e recebeu de cara para o gol, mas sem muito ângulo. Mesmo assim, o jogador bateu para o gol, obrigando Klever a fazer boa defesa.

O goleiro salvaria novamente a equipe pouco depois, ao evitar gol de João Pedro. Depois das sucessivas chances, o Atlético-GO acordou e voltou a oferecer perigo para Jandrei, mas esbarrou na ineficiência de Diego Rosa nas finalizações e na grande defesa do goleiro da Chape em chance de Andrigo.

Na reta final, a pressão dos goianos deu resultado: depois de uma bola na trave, Luiz Fernando aproveitou uma sobra de bola dentro da área, limpou a zaga e bateu para o gol. Jandrei quase conseguiu a defesa, mas não evitou o tento.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-GO 1 X 1 CHAPECOENSE

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Data: 19 de novembro de 2017, domingo
Horário: 17 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Helcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Cartões amarelos: Jonathan, Jorginho e Marcão Silva (Atlético-GO); Túlio de Melo e Lucas Mineiro (Chapecoense)
Gols: Atlético-GO: Liuiz Fernando, aos 45 minutos do 2ºT. Chapecoense: Túlio de Melo, aos 35 minutos do 1ºT.

ATLÉTICO-GO: Klever; Jonathan (Marcão Silva), William Alves, Gilvan e Breno Lopes; André Castro, Igor (Jefferson Nem), Andrigo, Jorginho e Luiz Fernando; Diego Rosa. Técnico: João Paulo Sanches

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Moisés Ribeiro, Luiz Antonio (Lucas Marques), João Pedro (Lucas Mineiro) e Arthur; Túlio de Melo (Rodrigo). Técnico: Gilson Kleina