Brasil fica sem medalhas no último dia de disputa da Copa do Mundo de Natação

Agência EFE
Getty
?Daynara de Paula terminou na quarta posição nos 50m borboleta
?Daynara de Paula terminou na quarta posição nos 50m borboleta

Daynara de Paula, Etiene Medeiros e Nélson Silva Júnior disputaram finais neste domingo, no segundo e último dia de disputa da etapa de Cingapura, que fechou a temporada da Copa do Mundo de Natação, sem conseguir medalhas para o Brasil.

A melhor representante do país no dia foi Daynara, que terminou na quarta colocação nos 50m borboleta, empatada com a holandesa Maaike De Waard, com o tempo de 25s59.


O ouro da prova ficou com a sueca Sarah Sjostrom - que já havia conquistado o título geral feminino do circuito por antecipação -, com 24s61. A holandesa Ranomi Kromowidjojo ficou com a prata, e a australiana Cate Campbell com o bronze.

Nas eliminatórias dos 50m borboleta, Clarissa Rodrigues ficou na décima colocação e não avançou, como também aconteceu nos 200m livre, em que conseguiu o 16º tempo.

Etiene, por sua vez, foi quinta colocada nos 100m costas, com marca de 57s99, em disputa vencida pela australiana Emily Seebohm, que nadou em 56s23. Duas americanas, Regan Smith e Alex Walsh fecharam, respectivamente, na segunda e terceira posições.

Único representante masculino do Brasil a alcançar a final, Nélson Gomes Júnior foi oitavo nos 50m costas, com 23s92. O bielorrusso Pavel Sankovich levou a melhor, com 22s82, seguido pelo japonês Junya Koga e o chinês Jiayu Xu, nesta ordem.

Além disso, Raphael Rodrigues caiu nas eliminatórias dos 200m peito, ao ser o nono mais rápido. Já Matheus Gonche foi 14º nos 100m borboleta, e 19º nos 200m medley.

Além de vencer os 50m borboleta, Sjostrom também levou a melhor nos 200m livre, fechando o dia com 629 pontos, contra 482 da húngara Katinka Hosszu. A Dama de Ferro, neste ano, teve quebrada sequência de cinco títulos seguidos na Copa do Mundo.

O sul-africano Chad Le Clos, por sua vez, também chegou a Cingapura com o título conquistado, e hoje alcançou a marca de 447 pontos, ao vencer os 100m borboleta e ficar em segundo nos 100m livre, derrotado pelo russo Vladimir Morozov, vice da Copa do Mundo, com 33 pontos.