Conheça a única menina do Brasil que pode disputar competições oficiais de futebol contra meninos

Bianca Daga, do espnW.com.br

Divulgação
Julia Rosado disputa competições oficiais contra meninos no Rio de Janeiro
Julia Rosado disputa competições oficiais contra meninos no Rio de Janeiro

Julia Rosado. Fique familiarizado com este nome desde já para não se espantar caso, daqui alguns anos, ouça falar dela como Marta e Formiga da nova geração. Xodó de craques e ex-craques como Amoroso, Fred, Rafael Moura, Cristiane e Andressa Alves, Juju tem oito anos e é a única jogadora do Brasil autorizada a disputar competições oficiais de futebol de salão contra meninos.

Filiada à Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) e à Federação Internacional de Futebol (FIFA), ela é federada pela Federação de Futsal do Estado do Rio de Janeiro (FFSERJ) e pode mostrar seu talento em torneios masculinos no estado, enfrentando grandes clubes como Fluminense, Vasco e Flamengo.

“Me tornei federada neste ano. Acho bem legal porque posso dar exemplo para outras meninas conseguirem jogar futebol. Então, gostei muito disso”, disse a pequena atleta em entrevista ao espnW, com jeito de criança, mas maturidade de gente grande.

Juju manda bem no futebol de salão, no society e no campo. No Rio de Janeiro, veste a camisa do Grau 10 Futebol Clube e joga na escolinha do Barcelona. E também defende o time feminino do Centro Olímpico, em São Paulo, time em que foi aprovada para a categoria sub-11 ainda com sete anos.

Divulgação
Cristiane é considerada a 'madrinha' de Juju no futebol
Cristiane é considerada a 'madrinha' de Juju no futebol

Ala-esquerda no salão e meia-esquerda no campo e no society, a carioca vai para a escola de manhã, treina à tarde e joga aos finais de semana e feriados. “Jogar bola é mais difícil que fazer prova, por causa do preconceito que sofremos por ser menina jogando bola. Pretendo fazer faculdade, mas quero ser jogadora profissional por grandes equipes no Brasil, no mundo e defender a seleção brasileira.”

Fã de Marta, Formiga, Andressa Alves, Andressinha e Amandinha (futebol de salão), Juju tem Cristiane, ‘tia Cris’, como madrinha e ganhou a admiração dela e de vários nomes de peso do futebol masculino.

“Tenho uma relação maravilhosa com todos, me sinto solta com eles, que me motivam. Sou um pouco xodó sim (risos). A Cristiane é considerada minha madrinha pelas nossas características, que são muito parecidas.”

Neste fim de semana, Julia está participando de um camp do Amoroso em Atibaia (SP), o Camp Boca Raton, que é a primeira clínica de futebol no Brasil com a disciplina usada no futebol americano e padrão internacional de atividades. Para participar, é preciso pagar. Mas a craque foi convidada pelo ex-atacante.

Logo mais, seu talento poderá ser visto no cinema. Ela foi convidada para estrelar o filme ‘Back to Maracanã’, que conta a história de um avô brasileiro, um filho e um neto israelenses que vêm de Israel com o sonho de ver o Brasil jogar no estádio na Copa do Mundo de 2014 e vivem o traumático 7 a 1 para a Alemanha. Juju será Nina, prima de um dos meninos e jogadora de futebol.