Paulinho vê grande atuação do Brasil e elogia Inglaterra: 'Alto nível'

Agência Gazeta Press
Getty Images
Paulinho gostou da atuação do Brasil
Paulinho gostou da atuação do Brasil

O empate da seleção brasileira por 0 a 0 com a Inglaterra, na noite desta terça-feira, em Londres, não decepcionou o volante Paulinho. Um dos jogadores que mais buscou o gol, o jogador reconheceu a qualidade da equipe britânica e elogiou a atuação do time canarinho.

“Claro que queríamos a vitória, em todo o momento jogamos para a frente em busca do gol, mas acho que foi um grande teste contra uma seleção de nível muito alto como a da Inglaterra”, avaliou Paulinho, que desperdiçou duas chances de marcar de cabeça.


Com sua formação considerada ideal, o Brasil dominou as ações ofensivas da partida, mas não conseguiu transpor o 3-5-2 da Inglaterra, que foi a campo desfalcada por oito jogadores. Foi o primeiro desafio da equipe pentacampeã mundial diante de uma seleção europeia desde que Tite assumiu o comando técnico, em 2016.

“Grandes jogos são dessa forma”, resumiu Paulinho. “Tivemos um número pequeno de chances, mas o mais importante foi que fizemos um grande jogo. Queríamos a vitória para continuar com a confiança e os resultados positivos, mas não foi possível”, lamentou.

Gian analisa empate entre Inglaterra e Brasil e diz que empolgação em excesso atrapalha qualquer seleção

Com os atacantes sem inspiração, a melhor chance brasileira se deu através de um volante. Fernandinho, que entrou no lugar de Renato Augusto no segundo tempo, carimbou a trave direita do goleiro Joe Hart e quase tirou o zero do placar. A Inglaterra, por sua vez, apostou nos contra-ataques, mas quase não incomodou o arqueiro Alisson.

“Foi um grande jogo, conseguimos controlar bem a partida. Tivemos um volume muito maior do que a Inglaterra. Não conseguimos fazer o gol, mas estamos de parabéns”, resignou-se Paulinho.

Dando sequência à preparação para a Copa do Mundo de 2018, o Brasil tem dois amistosos já confirmados para o ano que vem. Em 23 e 27 de março, a seleção enfrentará Rússia e Alemanha, em Moscou e Berlim, respectivamente. Serão os últimos dois testes antes da convocação, marcada para o início de maio.