Criciúma e Náutico criam boas chances, mas não saem do zero

ESPN.com.br com agência Gazeta Press

Caio Marcelo/www.criciuma.com.br
Apesar do placar de 0 a 0, jogo teve boas chances em Criciúma
Apesar do placar de 0 a 0, jogo teve boas chances em Criciúma

Com destinos traçados na Série B, Criciúma e Náutico se enfrentaram nesta terça-feira, no Estádio Heriberto Hulse, e apesar de algumas boas chances criadas, não conseguiram balançar as redes no confronto válido pela 36ª rodada da competição, terminando o jogo com o empate pelo placar de 0 a 0.

Com o resultado, o Criciúma chegou aos 47 pontos na Série B e segue no meio da tabela, com chances mínimas de cair para a Série C. Já o Náutico, que já entrou em campo rebaixado, soma agora 32 pontos.

As duas equipes voltam a atuar pela Série B no próximo sábado. Às 17h30(de Brasília), o Náutico recebe o Vila Nova, na Arena de Pernambuco. Já às 19h30(de Brasília), o Criciúma recebe o Ceará, no Heriberto Hulse.

O jogo

A partida começou extremamente movimentada. Logo aos três minutos, o Náutico teve boa chance para abrir o placar. Cal Rodrigues levantou a bola na área em cobrança de falta e Aislan, dentro da pequena área, finalizou por cima, perdendo grande oportunidade.

O Criciúma respondeu logo depois, aos sete. Após cruzamento de Alex Maranhão, João Henrique cabeceou, a bola quicou na área e obrigou Busatto a fazer ótima defesa.

O Náutico ainda teve outra boa chance em finalização de Leilson, que aproveitou falha de Diego Giaretta, aos 10 minutos. No entanto, logo após este bom início, o jogo ficou morno, com raras oportunidades de gol.

O Criciúma ainda teve uma boa chance aos 35 após giro de Lucão, que finalizou ao lado do gol. No entanto, esta foi a última oportunidade do primeiro tempo, que se encerrou em 0 a 0.

Da mesma maneira que ocorreu no final do primeiro tempo, o jogo também teve início morno na segunda etapa. Com isso, a primeira grande chance veio somente aos 23 minutos, mas quase foi crucial. Jobson cobrou falta com categoria e carimbou o travessão do goleiro Luiz.

O Criciúma respondeu na sequência. Aos 26, Andrew cruzou para a área e Lucão chegou finalizando por cima, desperdiçando boa oportunidade.

Logo depois, o jogo pegou fogo. Aos 29, Alex Maranhão bateu cruzado, Busatto soltou e por pouco Andrew não conseguiu finalizar para o gol. Já aos 30, foi a vez do Náutico assustar em chute de Leilson que exigiu ótima defesa de Luiz.

Apesar da expectativa por um jogo movimentando nos minutos finais, o ritmo diminuiu. Com isso, nenhum dos dois times conseguiu criar mais oportunidades claras de gol e o duelo se encerrou com o placar de 0 a 0.

FICHA TÉCNICA:
CRICIÚMA 0 x 0 NÁUTICO

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 14 de novembro de 2017, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Público: 1.465 presentes
Renda: R$ 23.210,00
Cartões Amarelos: Raphael Silva e Diogo Mateus(Criciúma); Renan Paulino e Jobson(Náutico)
Cartões Vermelhos: Nenhum
GOLS: Nenhum

CRICIÚMA: Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto(Ricardinho), Douglas Moreira e Alex Maranhão(Kalil); Caio Rangel(Andrew), Lucão e João Henrique. Técnico: Beto Campos

NÁUTICO: Busatto; Rafael Ribeiro, Aislan e Léo Carioca; Leilson(Amaral), Jobson, Renan Paulino, Cal Rodrigues(Luiz Henrique), Dico(Iago) e Henrique Ávila; Gerônimo. Técnico: Roberto Fernandes