Tite enfim enfrenta uma seleção da Europa, o pesadelo do Brasil nas últimas Copas

ESPN.com.br

Na Inglaterra, com os 'brasileiros locais' falando, veja como foi o dia de preparação da seleção

Nesta terça-feira, o Brasil encara a Inglaterra, às 18h (de Brasília), em mais um amistoso internacional de preparação para a Copa do Mundo de 2018. A partida terá acompanhamento em tempo real do ESPN.com.br

Será o primeiro confronto do técnico Tite contra uma seleção europeia desde que ele assumiu o cargo, em 20 de junho de 2016. 

E é justamente contra europeus que o Brasil viveu pesadelos nas três últimas Copas do Mundo.

Em 2006, por exemplo, a equipe canarinho até ganhou da Croácia na primeira fase, mas, após eliminar Gana nas oitavas, parou diante da França, com um show de Zinedine Zidane, nas quartas de final.

Depois, em 2010, não conseguiu sair de um 0 a 0 com Portugal na fase de grupos e caiu de virada para a Holanda, novamente nas quartas, com dois gols de Sneijder e expulsão do volante Felipe Melo após pisão em Robben. 

Gabriel Jesus fala das oportunidades que o futebol lhe deu e conta da adaptação à Inglaterra, adversária de terça

Por fim, em 2014, todos se lembram: outra vitória sobre a Croácia na primeira fase, mas depois um 7 a 1 para a Alemanha na semifinal, no Mineirão, e outra derrota feia na disputa do 3º lugar: 3 a 0 para a Holanda, em Brasília.

Por isso, o confronto contra a Inglaterra é uma "prova de fogo" para Tite. 

Se por um lado o treinador tem aproveitamento excelente desde que assumiu a seleção brasileira (13 vitórias, dois empates e só uma derrota em 16 partidas, ou 85,4% dos pontos), até agora ele não jogou contra nenhuma equipe da Europa. 

Coutinho diz que está 100% e fala sobre como sua versatilidade pode ser boa ao grupo

Todos os seus triunfos até agora foram contra times de América, Ásia ou Oceania: 3 a 0 no Equador, 2 a 1 na Colômbia, 3 a 0 na Bolívia, 2 a 0 na Venezuela, 3 a 0 na Argentina, 2 a 0 no Peru, 1 a 0 na Colômbia, 4 a 1 no Uruguai, 3 a 0 no Paraguai, 4 a 0 na Austrália, 2 a 0 no Equador, 3 a 0 no Chile e 3 a 1 no Japão. 

Stuart Franklin/Bongarts/Getty Images
Em 2006, Brasil caiu para a França
Em 2006, Brasil caiu para a França

Já os dois empates foram só contra sul-americanos: 1 a 1 com a Colômbia e 0 a 0 com a Bolívia.

A única derrota, por sua vez, foi o 1 a 0 para a Argentina, em amistoso.

Apesar disso, Tite tem a história ao seu lado, já que o retrospecto do Brasil contra a Inglaterra é extremamente positivo. 

Chegada em silêncio e caçadores de autógrafos: João Castelo-Branco traz os detalhes da seleção em Londres

Ao todo, foram 25 jogos na história, com 11 vitórias brasileiras e apenas quatro triunfos ingleses - no saldo de gols, são 34 gols-pró para os "canarinhos" e 23 contra.

Já em Copas do Mundo, a seleção brasileira está invicta contra o English Team: duas vitórias (2 a 1 nas quartas de 2002 e 1 a 0 na fase de grupos de 1970) e um empate (0 a 0, na fase de grupos de 1958).

A última vez que os rivais se cruzaram foi em 2 de junho de 2013: empate por 2 a 2 em um grande jogo no Maracanã, com gols de Fred e Paulinho para o Brasil e de Oxlade-Chamberlain e Rooney para os britânicos. 

Tite elogia árbitro de vídeo em amistoso da seleção: 'Gostei, premio e incentivo'

Para o duelo desta terça, Tite conta com todos os atletas que gostaria e terá a oportunidade de escalar o time que considera ideal para a disputa do Mundial da Rússia: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto; Philippe Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus.

A Inglaterra, por sua vez, está desfalcada de vários de seus principais jogadores, como os atacantes Harry Kane e Raheem Sterling e o meia Dele Alli.

Por isso, o técnico Gareth Southgate deve escalar sua equipes num 3-5-2, com Joe Hart; Stones, Keane e Cahill; Walker, Loftus-Cheek, Dier, Livermore e Bertrand; Rashford e Lingard. 

Rashford também é fã de um craque brasileiro: 'Quando criança, via muitos vídeos do Ronaldo'

"Eles têm jogadores qualificados, a maioria jogando na Inglaterra, o estilo de jogo vai ser o mesmo, apesar dos desfalques. A Inglaterra não está enfraquecida por ter jogadores jovens, quem tiver chance de jogar vai fazer seu melhor para aproveitar a chance", opinou Philippe Coutinho.

"Ele (Tite) já sabe bastante sobre nosso adversário, mas eu diria que a Inglaterra é muito bem plantada taticamente, se defende muito bem e é muito intensa. Tenta jogar parecido com a gente, no sentido de perder a bola e pressionar, então será um jogo muito aguerrido", completou. 

Gabriel Jesus diz que não percebeu Neymar diferente: 'Ele estando chateado, todos nós vamos estar'

Além do duelo contra o English Team, aliás, o Brasil já tem mais um duelo contra um time europeu marcado: em 26 de março do ano que vem, a seleção encara a Alemanha, fora de casa, no primeiro confronto entre as equipes principais dos dois países desde o 7 a 1 de 2014.

FICHA TÉCNICA:
INGLATERRA X BRASIL

Local: estádio Wembley, em Londres (Inglaterra)
Data: 14 de novembro de 2017, terça-feira
Hora: 18h (de Brasília)

INGLATERRA: Jordan Pickford, Phil Jones, John Stones, Harry Maguire e Danny Rose; Kieran Trippier Jake Livermore, Eric Dier, Ruben Loftus-Cheek; Jamie Vardy e Tammy Abraham. Técnico: Gareth Southgate

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite