Grêmio empata com Vitória, e Corinthians depende só de si para ser campeão na quarta

ESPN.com.br
Veja os gols do empate em 1 a 1 entre Grêmio e Vitória

O Corinthians agora só depende de si para ser campeão brasileiro já na quarta-feira.

Isso porque o tropeço que a equipe alvinegra precisava já aconteceu neste domingo. Jogando no Alfredo Jaconi por conta de um show na Arena, o Grêmio só empatou por 1 a 1 com o Vitória.

Desta forma, o Corinthians será campeão sem depender de nenhum outro resultado se vencer o Fluminense, às 21h45, na Arena em Itaquera.

Neste domingo, o Grêmio até saiu atrás do placar. Aos 16 minutos de jogo, a zaga gremista cochilou enquanto o Vitória trocava passes. David aproveitou e encontrou Patric, um pouco a frente do último homem da defesa. O bandeirinha, porém, não assinalou o impedimento, e o jogador do time baiano bateu na saída do goleio Paulo Victor para balançar as redes.

O empate veio logo na sequência, aos 18. O jovem lateral Leonardo tabelou com Ramiro pela esquerda e cruzou com açúcar para Fernandinho cabecear. A bola ainda desviou na cabeça do marcador antes de entrar.

O Grêmio ainda ficou com um a mais aos 12 do segundo tempo, depois da expulsão de Fillipe Souto. Mesmo assim, não teve forças para buscar o resultado.

Com isso, o time gaúcho fecha a rodada ainda na vice-liderança, mas agora com 10 pontos de desvantagem para o líder Corinthians (68 a 58).

Já o Vitória agradece ao Atlético-GO, que bateu o Sport e manteve o time baiano fora da zona de rebaixamento, na 16ª posição com 39 pontos (três a mais que o próprio Sport).

FICHA TÉCNICA 
GRÊMIO 1 X 1 VITÓRIA

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data: 12 de novembro de 2017, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza – SP
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho – SP  e Bruno Salgado Rizo – SP
Cartões amarelos: Grêmio: nenhum; Vitória: Fillipe Souto (duas vezes), Kanu
Cartão vermelho: Vitória: Fillipe Souto

GOLS
Grêmio: Fernandinho, aos 18 minutos do primeiro tempo
Vitória: Patric, aos 16 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Leonardo (Éverton); Jaílson (Jael), Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho (Patrick); Lucas Barrios. Técnico: Renato Portaluppi

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Bruno Bispo, Kanu e Geferson; José Welison, Ramon, Fillipe Soutto e Neílton (Caíque Sá); Santiago Tréllez (André Lima) e David (René Santos). Técnico: Vagner Mancini