Buscando vaga na Libertadores, Botafogo recebe Atlético-PR

Gazeta Press

Getty
Gatito Fernandez, goleiro do Botafogo
Gatito Fernandez, goleiro do Botafogo

No jogo que abre a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo recebe o Atlético-PR neste sábado, às 17h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), buscando um triunfo para se aproximar ainda mais de uma vaga na Copa Libertadores. Após derrotar o Sport por 2 a 1 em Pernambuco, o Alvinegro chegou aos 51 pontos e ocupa a quinta colocação. O Furacão, por sua vez, sabe que reação deve ser a palavra de ordem após perder em casa por 1 a 0 para o líder Corinthians. Sem ganhar há três confrontos e estacionado nos 42 pontos, o representante paranaense ainda tenta uma vaga no torneio continental.

Jair Ventura, comandante do Botafogo, pediu concentração aos seus comandados. “Nós estamos entrando em uma reta final de Campeonato Brasileiro, onde a entrega acaba sendo maior e é preciso manter o foco durante os noventa minutos. Ganhamos jogos nos minutos finais, mas também perdemos e por isso mesmo precisamos estar muito atentos diante do Atlético Paranaense, que é um rival qualificado e sabe o que fazer com a bola nos pés. Temos que nos impor”, alertou.


Esse desejo do Atlético pela Libertadores faz o Botafogo esperar um choque equilibrado neste sábado. “O jogo deste sábado, na minha visão, é mais um daqueles que vai ser decidido nos detalhes, pois o Atlético Paranaense tem muita qualidade e pretende a vaga na Copa Libertadores como a gente pretende. Mesmo atrás na pontuação, não deixam de acreditar e por isso mesmo vão querer a vitória contra a gente no Rio de Janeiro para ganharem gás. Cabe ao Botafogo conseguir se impor, jogando com inteligência. Vamos precisar propor o jogo, mas sem deixar espaço para os contra-ataques do adversário”, disse Marcos Vinícius, autor do segundo gol diante do Sport.

Pelo lado do Atlético, três derrotas seguidas e o sonho do Furacão em voltar à Libertadores da América vai ficando mais distante a medida em que a competição e aproxima de seu final. O objetivo para as cinco rodadas finais é obter 100% de aproveitamento e torcer para que a pontuação seja suficiente. Do contrário, é esperar por um G8 ou até mesmo G9, para aumentar as chances, ou se conformar com a Copa Sul-americana.

Para buscar isso, o técnico Fabiano Soares já adiantou que deve mexer no time, contando com alguns retornos e sacando quem não estiver em condições físicas apropriadas. O meia Guilherme, que ficou de fora da derrota para o Corinthians por questões contratuais está novamente à disposição, assim como o lateral Sidcley, que cumpriu suspensão automática. Felipe Gedoz, que sentiu dores diante do Timão, deve ser poupado.

O comandante rubro-negro acredita que o time precisa apenas acertar o ataque e vai montar a equipe e fazer as mudanças necessária com isso em mente. “Nossa queda de rendimento é em relação aos resultados. Acho que a equipe vem jogando bem. Os adversários estão criando pouco e fazendo pontos. Temos que melhorar na intensidade ofensiva para melhorar os resultados. Decidirei o melhor possível. Com tantos jogos, é difícil manter a mesma escalação. A vida de treinador é solucionar os problemas que vão aparecendo”, concluiu.

Sálvio diz que distintivo da Fifa 'pesa', desaprova arbitragem e fala sobre pênalti para o Atlético-PR: 'Discordo completamente'

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Naquela ocasião, o morno encontro, que gerou sono aos torcedores, acabou empatado sem gols.

Confira os gols de Sport 1 x 2 Botafogo

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-RJ X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 11 de novembro de 2017 (Sábado)

Horário: 17h(de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno Andrade Junior (RS)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Marcelo e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius; Rodrigo Pimpão e Brenner

Técnico: Jair Ventura

ATLÉTICO-PR: Weverton, Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González;  Guilherme, Nikão e Douglas Coutinho (Sidcley); Ribamar

Técnico: Fabiano Soares