Torcedor símbolo do Botafogo, com mais de 90 tatuagens do clube, morre aos 72 anos

ESPN.com.br
Aos 70 anos, torcedor tem mais de 80 tatuagens do Botafogo pelo corpo

Torcedor símbolo do Botafogo, conhecido por ter o corpo coberto por tatuagens do clube, Delneri Martins Viana, morreu nesta sexta-feira, aos 72 anos, no Rio de Janeiro.

O fanático participou de reportagem dos canais ESPN em 2016, quando contava com 83 tatuagens relacionadas à sua paixão pela equipe alvinegra. Seu objetivo era chegar a 100 – faleceu com 96. 


"Isso é que nem gostar de mulher, é para sempre, até morrer", brincou ele, na ocasião, em que mostrou, por exemplo, os desenhos na pele de Beth Carvalho e Zeca Pagodinho, torcedores ilustres do Botafogo.

Em suas redes sociais, o clube lamentou a morte de Delneri. As causas do falecimento não foram divulgadas.

“Com enorme tristeza, o Botafogo lamenta o falecimento de Seu Delneri, botafoguense ilustre, figura marcante em todos os jogos e símbolo de paixão pelo Glorioso. Uma estrela que vai brilhar eternamente. Fique em paz!”, escreveu a equipe no Twitter.