'Fora de forma', meia do Chelsea pediu dispensa de amistosos da Inglaterra, revela técnico

ESPN.com.br com Agência EFE
Getty
Drinkwater, durante entrevista coletiva: pouco aproveitado no Chelsea
Drinkwater, durante entrevista coletiva: pouco aproveitado no Chelsea

O meia Danny Drinkwater pediu para não ser convocado pela seleção inglesa para os amistosos com Alemanha e Brasil, que respectivamente serão disputados amanhã e na próxima terça-feira, ambos em Wembley, para focar em sua recuperação física, disse o técnico do 'English Team', Gareth Southgate.

Drinkwater foi contratado pelo Chelsea no último dia da janela de transferências de agosto, procedente do Leicester, mas só estreou em meados de outubro devido a uma lesão muscular na coxa.

Rafa Oliveira escala Inglaterra e Gustavo Hofman analisa Alemanha; seleções se enfrentam em amistoso

Desde então, o meia só jogou uma hora e 43 minutos em partidas oficiais e preferiu abrir mão da convocação de Southgate para os amistosos.

"Falei com Danny no início da semana, e ele sente que não está em forma o suficiente para jogar conosco", disse o treinador nesta quinta-feira.

Dier explica motivo da Inglaterra em escolher Alemanha e Brasil para os amistosos e não vê risco de humilhação

Antes de Drinkwater, Southgate já não podia contar com outros seis jogadores para as duas partidas por causa de lesões: Harry Kane, Dele Alli, Harry Winks, Raheem Sterling, Fabian Delph e Jordan Henderson.

"Os jogadores que estão lesionados não podem jogar, isso está claro. Não sou o tipo de técnico que quer esticar seus jogadores até que se lesionem. Prefiro não arriscar", explicou.

Desfalques, novatos e mais; João Castelo-Branco com as novidades do Brasil e do jogaço entre Inglaterra e Alemanha

"Falo com eles frente a frente para ver como estão, e daí decido o que fazer. O que posso negar categoricamente é que haja uma disputa entre clubes e a federação", acrescentou, negando que algumas equipes tenham feito jogo duro para liberar atletas.