Problemas entre Conte e elenco do Chelsea preocupam Abramovich, diz jornal

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Getty Image
A fase não é das melhores envolvendo Conte e seus comandados
A fase não é das melhores envolvendo Conte e seus comandados

Um dos principais times do futebol inglês, o Chelsea não está com o mesmo protagonismo do ano passado na atual temporada. Se em 2016 a equipe apresentava um futebol convincente e rumava para o título do Campeonato Inglês, agora os Blues estão pensando em primeiro resolver os problemas causados nos bastidores. O treinador Antonio Conte já teve problemas extracampos com algumas estrelas do elenco e isso preocupa o milionário e dono do clube, Roman Abramovich.

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o milionário russo está assumindo novas funções de gestão no Chelsea e que não gostaria de mais um problema extracampo. Na última semana, o que chamou a atenção foi a não presença do brasileiro David Luiz, que era bastante utilizado, mas que nos últimos jogos nem no banco ficou por causa do novo esquema tático, segundo declarações do próprio Antonio Conte.

Respeito, dificuldades na temporada e problemas complicados; Conte fala antes do clássico

Um dos casos que mais ganhou repercussão na mídia inglesa e mundial foi o mau relacionamento de Conte com o ex-jogador do Chelsea, Diego Costa. O atacante brasileiro naturalizado espanhol era um dos principais destaques do time nas últimas temporadas, porém a ótima marca de gols feitos não foi fundamental para a permanência do atleta. Após o término do campeonato, o comandante italiano mandou uma mensagem de texto ao atacante afirmando que ele não seria mais aproveitado.

Na atual temporada, o Chelsea está na quarta colocação do Campeonato Inglês, com 22 pontos ganhos, nove a menos do que o líder Manchester City. Apesar da posição não ser das piores, a fase não fica positiva muito pela campanha do time na Liga dos campeões, principal torneio de clubes do futebol europeu. Os Blues perderam na última rodada do Grupo C para a Roma por 3 a 0, o que deixou o clube na segunda colocação, atrás do próprio time italiano.