Depois de quase perder a perna e ter volta a NFL ameaçada, QB é relacionado pelos Vikings

ESPN.com.br

Getty Images
Teddy Bridgewater venceu séria lesão no joelho e voltou à NFL
Teddy Bridgewater venceu séria lesão no joelho e voltou à NFL

A NFL divulgou na tarde desta quarta-feira que o quarterback Teddy Bridgewater voltou ao elenco ativo do Minnesota Vikings. Fora de combate desde agosto de 2016, quando deslocou o joelho esquerdo e rompeu ligamentos do local, o QB está em fase final de recuperação e foi adicionado ao elenco de 53 jogadores da equipe.

“Casey Keenum será titular no domingo e Bridgewater ficará como opção no banco. Confio que ele está 100% para entrar se precisar ser acionado”, garantiu Mike Zimmer, head coach dos Vikings, que ainda terá Kyle Sloter a disposição na reserva.

A contusão sofrida por Bridgewater, dias antes de começar a temporada 2016, foi muito séria e causou comoção na Liga. O repórter Adam Schefter, da ESPN americana, chegou a noticiar que havia médicos colocando em cheque a volta do quarterback à NFL.

Após assistir a 500 jogos da NFL, americano com paralisia cerebral coleciona histórias e se emociona: 'Eu não vejo, eu sinto'

Em julho deste ano, o QB concedeu sua primeira entrevista coletiva após sofrer a contusão e revelou que o susto  foi tão grande que ele chegou a pensar que poderia perder a perna esquerda.

“Se meus companheiros e os médicos não tivessem agido tão rápido, provavelmente eu teria perdido a perna. Sou muito grato a eles por terem agido em tempo hábil de evitar isso”, ressaltou o atleta na ocasião.

Resumo da semana da NFL mostra por que o draft é o caminho para o sucesso; veja

Se Bridgewater está de volta, o companheiro de posição Sam Bradford segue fora e foi deslocado para a lista de lesionados dos Vikings. Entretanto, Mike Zimmer afirmou que não descarta o retorno de Bradford se a equipe conseguir avançar aos playoffs da NFL.