Em casa, Medina estreia com vitória e avança à 4ª fase do QS de Maresias

Gazeta Press

WSL / DAMIEN POULLENOT
Gabriel Medina é o atual segundo colocado do ranking no Mundial
Gabriel Medina é o atual segundo colocado do ranking no Mundial

Competindo em casa, no QS 3000 na praia de Maresias, interior de São Paulo, Gabriel Medina estreou com o pé direito. Disputando a oitava bateria da terceira fase, o brasileiro conseguiu uma nota altíssima, 9,80, a maior da competição até o momento, venceu sua bateria e avança à próxima etapa da competição.

O dia foi marcado por um mar fraco, com ondas curtas. Medina competiu contra os brasileiros Leonardo Barcelos, Luciano Brulher e Icaro Ronchi. Barcelos chegou a assumir a liderança, com uma nota 5,17, porém foi ultrapassado pelo campeão mundial, que tirou 7,60 na quinta onda. Na sequência, emplacou o aéreo que lhe rendeu 9,80 e encerrou a bateria em primeiro, com uma nota total de 17,80. Barcelos foi o segundo com 9,20 e também avança para a quarta fase do torneio.


Medina, recém campeão na etapa de Portugal, ocupa a segunda colocação do ranking e está na briga pelo segundo título mundial de surfe.  A competição em Maresias está servindo como preparação para a próxima e última etapa do Circuito Mundial em Pipeline, no Havaí.

Outros brasileiros que estão na elite também competiram nesta sexta-feira. Italo Ferreira foi o primeiro colocado da primeira bateria, e Ian Gouveia avançou em segundo na bateria de número quatro.

É O CAOS! Rômulo Mendonça narra título de Gabriel Medina em Portugal: 'Que esporte maravilhoso!'