Martine Grael comemora superação em estreia na Volvo Ocean Race: 'praticamente a tripulação inteira mudou um dia antes da largada'

espnW.com.br

Divulgação
Equipe de Martine Grael terminou em quarto na primeira etapa da Volvo Ocean
Equipe de Martine Grael terminou em quarto na primeira etapa da Volvo Ocean

Primeira mulher brasileira a disputar a Volvo Ocean Race, Martine Grael saiu satisfeita com o seu desempenho e o da equipe AkzoNobel na primeira etapa da Volta ao Mundo, finalizada nesse fim de semana. O barco da campeã olímpica (ouro nos Jogos Olímpicos do Rio-2016) terminou o percurso entre a Espanha e Portugal na quarta colocação, após seis dias, seis horas e 11 minutos de regata. O vencedor foi o Vestas 11th Hour Racing, seguido por MAPFRE e Dongfeng Race Team.

O team AkzoNobel foi para a disputa com um atleta a menos. Minutos antes da largada, o holandês Simeon Tienpont retornou ao posto de comandante e quatro integrantes fixos deixaram o barco, inclusive o brasileiro Joca Signorini.

''A gente teve um começo muito difícil da regata. Teve muitas manobras e com uma pessoa a menos tivemos dificuldades. Praticamente a tripulação inteira mudou um dia antes da largada. Depois desse momento difícil, a gente teve vários acertos de tática, muita comunicação e trabalho em equipe. Saímos de Gibraltar em segundo! Depois a falta de treino foi contando...foi muito bom, como time, segurar tão bem com as condições que a gente teve'', disse Martine Grael.

O team AkzoNobel competiu com oito velejadores contra nove das demais equipes. Para formar a tripulação, o comandante holandês 'pegou emprestado' o português Antonio Fontes, do Sun Hung Kai/Scallywag.

''Foi uma experiência espetacular. Ainda bem que os barcos são one-design, pois é tudo igual e as manobras correram bem. Foi um bom resultado, mas infelizmente perdemos alguns lugares já perto do final'', disse o velejador português.

Na Etapa 1, o team AkzoNobel largou em último e conseguiu recuperar posições rapidamente. Nos seis dias de regata, o barco se manteve entre segundo e terceiro lugares, perdendo a vaga no pódio nas últimas 24 horas de prova da maior competição de vela oceânica do mundo.

Martine Grael avalia resultado da primeira etapa da Volvo Ocean Race

A Volvo Ocean Race 2017/2018 é a 13ª edição da regata de volta ao mundo. A prova começou em Alicante, Espanha, e será concluída em Haia, Holanda. Sete embarcações percorrem 10 etapas, ligando 11 portos de escala, num percurso de 83 mil quilômetros. Neste ano, por conta de uma nova regra, a competição registra o maior número de participação de mulheres na história: 17.