Cuca evita falar sobre chance de título e foca duelo contra embalado lanterna

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Cuca admite frustração, vê empate do Bahia como justo e lamenta: 'Maior responsável sou eu'

O empate por 2 a 2 contra o Bahia diminuiu ainda mais as chances de título do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Após o confronto desta quinta-feira, disputado no Pacaembu, Cuca evitou falar sobre as remotas possibilidades de terminar como campeão e preferiu focar no duelo com o Atlético-GO, marcado para as 17 horas (de Brasília) de domingo, no Estádio Olímpico.

Vindo de uma derrota e um empate dentro de casa, o Palmeiras contabiliza 44 pontos ganhos e ocupa a quinta colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Corinthians, a 11 rodadas do fim do torneio nacional, detém a primeira colocação, com 14 pontos a mais.

Cuca comenta gritos por Borja no Pacaembu: 'O torcedor é passional, paga o ingresso e tem o direito'

Antes do confronto com o Coritiba, sonhando com a chance de se aproximar do Corinthians, Cuca projetou uma sequência de sucesso nas próximas seis rodadas. Após o tropeço diante do Bahia, porém, o técnico citou apenas o duelo com o Atlético-GO.

“Temos que pensar só no Atlético-GO. Em nada mais. Não adianta ficar pensando em 10 partidas (à frente), vamos pensar uma a uma. Precisamos nos mobilizar para domingo, com força e grandeza. Quem joga em time grande deve estar preparado. Tem que arregaçar as mangas e ir para o pau”, afirmou.

Antero Greco: 'O Palmeiras passou 12 dias treinando para mostrar o que? Que tipo de jogada diferente?'

Após bater o Coritiba na noite de quarta-feira, o técnico Fabio Carille estimou que o Corinthians precisa de cinco vitórias nas últimas 11 rodadas para conquistar o título. A situação do time do Parque São Jorge melhorou nesta quinta, já que o Santos ficou no empate contra a Ponte Preta.

Divulgação - Palmeiras
Técnico Cuca, do Palmeiras, durante a partida contra o Bahia no Pacaembu
Técnico Cuca, do Palmeiras, durante a partida contra o Bahia no Pacaembu

“O título já estava distante. Aí, você tem dois jogos em casa (contra Santos e Bahia), chances de se aproximar um pouco e não consegue ganhar. Então, o título fica longe. Temos que pensar em G4 e garantir a vaga na Libertadores”, declarou o meio-campista Moisés.

Prass concorda com pênalti para o Bahia e admite frustração após empate: 'O jogo mudou no segundo tempo'

A exemplo do camisa 10, o atacante Dudu preferiu citar o objetivo de assegurar um lugar no torneio continental. “Nossa realidade é o G4. Temos que tentar nos manter no G4 para ir à Libertadores direto. O título ficou mais difícil”, afirmou o capitão palmeirense.