Cavalieri define período na reserva como 'aprendizado'

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Carlos Ezequiel Vannoni/Gazeta Press
Diego Cavalieri Fluminense Sport Campeonato Brasileiro 20/06/2016
Diego Cavalieri Fluminense Sport Campeonato Brasileiro 20/06/2016

Barrado no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o goleiro Diego Cavalieri voltou a ser titular do Fluminense somente na semana passada, na derrota de 1 a 0 para o Grêmio, no Rio Grande do Sul. Apesar do resultado fora de casa, teve uma atuação marcante, fazendo pelo menos quatro grandes defesas e impedindo uma goleada gremista. Parece ter recuperado de vez a condição que foi de Júlio César nos últimos meses. Após o treino desta manhã de segunda-feira, Cavalieri concedeu entrevista coletiva e disse que tempo no banco de reservas foi complicado, mas sempre focou muito no trabalho.

“Posso dizer que foi complicado, como todo período de aprendizado, de maturidade. Como sempre fiz na minha vida, encarei de forma natural. Naquele momento só me restou me agarrar ao trabalho e me preparar para quando aparecesse uma oportunidade “, explicou o goleiro.

Henrique Ceifador admite 'momento turbulento' e pede união em luta contra a queda

Apesar da realidade negativa, ele evitou questionar Abel Braga e disse que não se surpreendeu com a reserva: “Não me surpreendi, pois quando os resultados não são esperados, mudanças são naturais. A gente sempre trabalha para estar bem. Na carreira, tem de se estar preparado para tudo. Encarei de forma natural, assimilei. De fora, se enxerga algumas coisas e se ajuda. Também não questionei o Abel, pois tenho muito respeito por ele”.


O goleiro sabe que voltou ao time em um momento de muita pressão por causa da proximidade com a zona de rebaixamento. Além disso, o elenco tricolor é muito novo, o que é motivo de preocupação. “A gente tem um time muito jovem. Mas são atletas de potencial, de valor. Passamos por um momento delicado. Com mais vivência, tento dar mais tranquilidade a eles. O momento é de pressão e instabilidade. Todos vão passar por isso, serve de aprendizado. O time encantou o país no começo do ano e temos de resgatar isso”, disse Cavalieri, garantindo que, mesmo na reserva, nunca pensou em deixar o Fluminense.

O elenco do Flu voltou a trabalhar na manhã desta segunda-feira, mas a atividade foi fechada em sua maior parte, o que não permite ainda ver os planos do técnico Abel Braga para o clássico de quinta-feira (12) contra o Flamengo, às 17h00 (de Brasília), no Maracanã, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Torcida organizada dentro de treino da equipe? Comentaristas do Bate Bola opinam

Para este jogo, os zagueiros Henrique e Renato Chaves, em transição do departamento médico para a preparação física, não estarão à disposição, assim como o atacante Wellington Silva, que se recupera de dores na região pubiana. Depois de ser submetido a duas cirurgias no pé direito, o experiente zagueiro Gum deverá ser relacionado. O time, porém, deverá ser definido no treino previsto para a manhã desta terça-feira.

Fora de campo, a diretoria do Fluminense e a organização do evento confirmaram a participação do clube no Torneio da Flórida, nos Estados Unidos. O Tricolor vem sendo figurinha carimbada na competição por conta de uma parceria para internacionalizar a sua marca.