Roger é operado com sucesso em retirada de tumor no rim

Gazeta Press
Em rede social, filha do Roger canta, atacante do Botafogo agradece carinho e comemora: 'Estou curado!'

O atacante Roger, do Botafogo, que foi diagnosticado com um tumor no rim recentemente, passou por uma cirurgia bem-sucedida na manhã deste domingo, em um hospital do Rio de Janeiro, mas ainda não tem previsão de alta. 

O atleta agora deve aguardar a biópsia para saber se o cisto era benigno ou maligno.

De acordo com o médico Raphael Rocha, que operou o atacante, a cirurgia foi curta e sem sangramentos. 

O tumor foi retirado com margem de segurança, preservando o rim de Roger, por meio de uma técnica robótica, que é minimamente invasiva.

O processo de recuperação do jogador não deverá ser longo, já que em aproximadamente um mês e meio, o atacante já poderá retomar à prática de atividades físicas. 

Fábio Luciano exalta 'vida de luta' do atacante Roger: 'Vai tirar essa de letra'

O jogador não precisará passar por quimioterapia.

O contrato de Roger com o Botafogo é válido até o final do ano. O atleta é o artilheiro da equipe carioca na temporada, com 17 gols. Devido ao tumor, a tendência é que o jogador só volte aos gramados em 2018. 

Raio-X ESPN: Urologista explica tumor renal do atacante Roger, do Botafogo

Aos 32 anos, Roger foi contratado no fim do ano passado após se destacar com a camisa da Ponte Preta.