Mylon anuncia pausa em sua carreira em 'League of Legends' e deixa a paiN Gaming

ESPN.com.br

Após cinco anos jogando profissionalmente, Matheus "Mylon" Borges ficará afastado do competitivo no próximo split. Nesta terça-feira, a paiN Gaming anunciou que o topo deixará sua vaga no time titular para se tornar um dos streamers da organização ao lado de Picoca, Rakin e Riyuuka.

Mylon entrou na paiN em abril de 2015, ano em que conquistou o campeonato brasileiro com a equipe e representou o país no Mundial. O topo fez sua estreia no competitivo na extinta vTi Ignis em 2012, quando venceu o primeiro campeonato oficial da Riot de League of Legends. Em novembro do mesmo ano, o jogador foi para a Keyd, onde ficou até 2015 e venceu torneios como a Brazil Gaming League Arena 3, a X5 Mega Arena e a Selecter Cup.

Além de diversos campeonatos, a carreira de Mylon também foi recheada de polêmicas por conta do comportamento explosivo do jogador. O maior exemplo ocorreu no início de 2016, quando o topo recebeu uma multa e suspensão por comportamento ofensivo durante partida do CBLoL. Na ocasião, Mylon teve que ser substituído por Felipe "brTT" Gonçalves e a paiN teve que disputar a Série de Promoção.

Recentemente, Mylon também causou polêmica durante o Pro vs. Pro da grande final do CBLoL 2017 ao chamar Alanderson "4Lan" Meireles de insignificante. Após a derrota da paiN na disputa, o jogador escreveu um texto sobre as provocações do quadro e afirmou que sua equipe "perdeu nos detalhes".

All-Stars

Apesar de estar fora da paiN, Mylon continua elegível para votação no All-Stars 2017. O torneio, que contará com menos regiões e tem o Brasil confirmado, acontece de 7 a 10 de dezembro em Los Angeles, EUA.