O estádio de inacreditáveis R$ 7,2 bilhões que não enche e faz Yankees, na fila após ano de inauguração, perderem dinheiro

ESPN.com.br

Rômulo Mendonça e Paulo Antunes analisam Twins x Yankees pelo Wildcard da Liga Americana

Nesta terça-feira, às 21 horas, o New York Yankees decide seu destino nos playoffs da MLB, encarando o Minnesota Twins na partida de wild card da Liga Americana. O jogo terá transmissão da ESPN e do WatchESPN.


O palco do confronto será o famoso Yankee Stadium que, mesmo com a empolgação da torcida pelo calouro sensação Aaron Judge, segue sendo um dos poucos produtos relacionados à franquia que dá prejuízo.

O substituto do antigo Yankees Stadium foi inaugurado em 2009, em meio à campanha que terminou com o último título da World Series da equipe. Mesmo com o fenômeno mundial de marketing que a marca é, a casa de US$ 2,3 bilhões (R$ 7,25 bilhões), não consegue encher.

Os Yankees tiveram a quarta melhor média de público da liga durante a temporada regular, mas o estádio não teve, em média, sequer 85% de sua lotação máxima, que hoje é de 47.422 pessoas, mas já chegou a receber 50.960. Entre 2009 e 2016 a receita com ingressos e camarote caiu 42%.

A bilheteria é apenas uma das formas dos Yankees receberem dinheiro, já que o time lucra com direitos de transmissão da TV e rádio, e muito com publicidade e licenciamento. Mesmo assim, a queda do lucro com o público foi sentido.

Antony Curti explica como funcionam playoffs da MLB e projeta confrontos

Os gastos para pagar a dívida da construção do estádio subiram para US$ 83,8 milhões (R$ 263,76 milhões) e, apesar dos proprietários garantirem que "gastar não é um problema", pode ter influenciado nas consequências que poderão ser sentidas dentro de campo.

A franquia possui a terceira maior folha salarial da temporada – atrás de Los Angeles Dodgers e Detroit Tigers – com US$ 212 milhões (R$ 667,8 milhões). Conhecido por usualmente pagar a “taxa de luxo”, a franquia planeja ficar abaixo do teto no próximo ano, algo que nunca aconteceu desde que a multa para os “gastões” foi instituída, em 2003.

Brigas, recordes, defesas incríveis e 'pauladas': reveja os momentos marcantes da temporada regular da MLB 2017

Em 2016, os Yankees ficaram perto de refinanciarem cerca de US 1 bilhão (R$ 3,15 bilhões) da dívida do estádio, mas voltaram atrás. A negociação, que foi aprovada pela cidade em setembro, representaria uma economia de US$ 16 milhões em 2018, US$ 11 milhões anuais entre 2019 e 2030, e US$ 6 milhões anuais até 2046.

O problema foi que, ao mesmo tempo, as taxas de juros subiram. “O refinanciamento teria nos poupado uma quantia significante. Mas aí o Trump foi eleito e os juros subiram, e aí não economizava nada”, afirmou o presidente da franquia, Randy Levine.

Nesta terça-feira o Yankee Stadium estará cheio para a decisão em jogo único. Uma vitória garante a classificação para a semifinal da Liga Americana, contra o Cleveland Indians, e, desta forma, ao menos mais um jogo em sua casa.