Guto lamenta condições do gramado do Lacerdão: 'Gera desequilíbrio'

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
ESPN
Guto Ferreira em coletiva do Internacional
Guto Ferreira em coletiva do Internacional

De portões fechados, o Internacional realizou o último treino antes de encarar o Náutico pela Série B. O time fez o reconhecimento do gramado do estádio Lacerdão, em Caruaru (PE), mas a imprensa não teve acesso ao treinamento.

Antes das atividades, o técnico Guto Ferreira conversou com a imprensa e afirmou: “Definido, o Inter está, mas revelar só amanhã na hora do jogo”. O treinador praticamente descartou a possibilidade do meia Camilo começar a partida atuando entre os titulares.


“Um jogador que não está no ritmo dos outros e está num processo de crescimento. Isso pesa na hora da definição. O importante não é o jogador A, B ou C, mas sim a equipe e que eles possam render o melhor deles para a equipe. Indiferente dele estar voltando de um problema de lesão ou não. O importante é que no final a estratégia dê certo e o Inter vença”, destacou.

O gramado do Lacerdão também é um dos motivos que vai fazer Camilo iniciar no banco de reservas. O meia está retornando de uma lesão e o campo do estádio possui um solo bastante duro e irregular. Para Guto Ferreira, este fator das condições do gramado pode gerar um desequilíbrio no duelo.

“A gente já esperava (campo ruim). Gera um desequilíbrio, sim. Na Inglaterra, por exemplo, as partidas são definidas naquele estádio em que se jogou a primeira partida. Se atuou a primeira partida em determinado estádio, você tem que fazer todas as suas partidas naquele estádio para que não gere desequilíbrio. Infelizmente, nós ainda estamos num processo embrionário quanto a isso”, avaliou.

Recuperado, Alemão será titular contra o Náutico e espera 'corresponder da melhor maneira possível'

“Já houve alguns avanços como a padronização de dimensão do campo, mas não tem padronização de grama. O Náutico jogou algumas partidas na Arena, outras vai jogar aqui, como o Santa Cruz que jogou no Arruda, saiu para a Arena, voltou para o Arruda. Assim como eles têm outros tantos que fazem a mesma coisa e, queira ou não, gera um desequilíbrio. A gente não pode se preocupar com nada disso. Temos que estar preocupado em fazer o seu melhor e ultrapassar todo e qualquer problema que possa existir. Nós não temos que ficar buscando e colocando os problemas. Temos que pegar cada problema e resolver, dando solução a eles”, completou.

O Internacional terá o desfalque do zagueiro Klaus, do lateral direito Claudio Winck e do meia D’Alessandro. Assim, o provável Inter que enfrenta o Náutico tem: Danilo Fernandes; Alemão, Ernando, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez, William Pottker e Eduardo Sasha; Leandro Damião.

O confronto entre as duas equipes ocorre neste sábado, às 16h30 (de Brasília), no estádio Lacerdão, em Caruaru (PE), e é válido pela 25ª rodada da Série B. Uma vitória coloca o time gaúcho novamente na liderança do torneio.