Bia Haddad bate espanhola em Seul e alcança primeira semi de WTA

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Divulgação
Bia Haddad durante jogo pelo WTA de Seul
Bia Haddad durante jogo pelo WTA de Seul

Melhor tenista brasileira, Beatriz Haddad atingiu, na madrugada desta sexta-feira, o principal resultado de sua carreira. Ao bater a espanhola Sara Sorribes (93ª) por 2 a 0, parciais de 6/4 e 6/4, ela alcançou a semifinal do WTA de Seul, na Coreia do Sul, e chegou, pela primeira vez, nesta fase em um torneio deste nível. A próxima adversaria será a holandesa Richel Hogenkamp (119ª).

O saque de Bia fez a diferença para que ela alcançasse o feito – ela venceu 57% dos pontos com o segundo serviço contra 26% da rival. Além disso, as conquistas dos dois sets vieram de forma parecida: a número 1 do Brasil saiu atrás no placar, reagiu nos games decisivos e conseguiu as quebras quando a espanhola sacava nos décimos games.

Cilic vence Tiafoe em dois tie-breaks, estreia bem na Laver Cup e abre o placar para o time europeu

Antes disso, a brasileira tinha duas participações nas quartas de final como melhores resultados. No Aberto do Rio, em 2015, quando chegou a ter um match point para avançar, mas acabou sucumbindo, e em maio deste ano, no WTA de Praga, na República Tcheca.

Longe das lesões, Bia vem tendo bons desempenhos na temporada. Eles, inclusive, foram responsáveis pela consolidação da tenista entre as 100 melhores do ranking. É bem provável que, com o triunfo desta sexta, a atual 71ª do mundo suba dez posições e figure perto do top 60 já na próxima segunda-feira, quando o ranking é atualizado. Desta forma, alcançará a melhor marca da carreira.

Nadal revela que não imagina Espanha sem a Catalunha e vice-versa: 'Somos muito melhores juntos'

Pelo outro lado da semifinal, a letã Jelena Ostapenko, atual campeã de Roland Garros, enfrenta a qualifier tailandesa Luksika Kumkhum.