Maycon reclama de desatenção e diz que time 'sabe que está errando'

Agência Gazeta Press
Getty
Maycon fez o gol do Corinthians
Maycon fez o gol do Corinthians

O volante Maycon, autor do único gol do Corinthians no empate por 1 a 1 diante do Racing-ARG, na noite desta quarta-feira, na Arena, reclamou bastante da desatenção dos seus companheiros, principalmente no segundo tempo da partida. Para o meio-campista, é necessário que o Corinthians reveja a sua concentração na hora em que voltar a campo.

“Trabalhamos bem no primeiro tempo, fizemos um baita de um primeiro tempo, no segundo voltamos a errar muito passe. Um pouco de desatenção nossa na verdade, tem que voltar a concentração, os erros de passe diminuírem e a gente dar a volta por cima”, afirmou Maycon, eleito o melhor jogador da partida pela patrocinadora da Copa Sul-Americana.


O Alvinegro, que abriu o placar ainda no primeiro tempo e teve pelo menos mais três chances claras de ampliar o placar, em bola na trave de Rodriguinho e duas boas defesas do goleiro Musso, precisará certamente marcar um gol no segundo jogo para avançar à próxima fase.

“Não era o resultado que a gente queria, mas vamos lá para buscar essa vaga fora de casa. Fizemos um baita de um primeiro tempo e temos condições de reverter isso lá. Está aberto, a equipe deles é muito boa, mas vamos lá para buscar essa classificação”, disse o canhoto, negando que o problema seja perda da confiança.

“Temos confiança em nós mesmos. Como o Cássio falou antes do jogo, não tem que ter dúvida entre nós. Não temos dúvidas. Mas com certeza tem que sair rapidamente dessa fase. Incomoda a gente. Sabe que está errando, os pontos, e, mesmo assim, continua errando. É fácil analisar o nosso futebol, entender, e infelizmente não conseguindo acertar”, continuou.

Balbuena dá méritos ao Racing e pede mais capricho no Corinthians: 'A gente tem que admitir nossos erros'

Além do artilheiro da noite, o zagueiro Balbuena foi outro que concordou com a queda de produção na etapa final. Para ele, porém, o time tem total capacidade de reverter a situação jogando fora de casa.

“Jogamos bem o primeiro tempo, caímos no segundo. Não podemos tirar o mérito do time do Racing, eles tiveram mais qualidade, agente não conseguia tirar. Não é o resultado que a gente esperava. Vamos buscar a classificação para a gente poder avançar”, concluiu o paraguaio.

Além do duelo da volta, marcado para o dia 20 deste mês, o time encara o Vasco às 16h (de Brasília) do domingo, em Itaquera. Brasileiro à parte, o Corinthians vai para a Argentina na semana que vem precisando de uma vitória simples ou de um empate por dois gols ou mais no estádio Cilindro, em Avellaneda. Um 0 a 0 dá a vaga para o Racing, assim como vitória dos portenhos.