Árbitro de vídeo será usado na Libertadores a partir das semifinais

ESPN.com.br com Agência EFE
Alex Grimm/FIFA/Getty
Árbitro de vídeo foi utilizado na Copa das Confederações da Rússia
Árbitro de vídeo foi utilizado na Copa das Confederações da Rússia

A Conmebol divulgou que o sistema de tecnologia do árbitro de vídeo (VAR, em inglês) será utilizado na Taça Libertadores a partir das semifinais, conduzido pela empresa Prom TV, de propriedade do grupo Mediapro, vencedora de licitação da confederação sul-americana.

A concorrência foi aberta pela entidade em 21 de julho.

Nicola, Bertozzi, Unzelte e Bruno têm o mesmo palpite para Santos e Barcelona-EQU

Quase um mês depois, foi anunciado que havia cinco concorrentes, a Chile Films SpA, a Hawk-Eye Innovations Limited, a Prime Telecom Ltda. (pertencente a Broadcast Solutions), a Rufina S.A. (Sun Colosseo), além da vencedora.

O contrato assinado com a Prom TV terá validade de cinco anos, de acordo com comunicado publicado pela entidade. Já nesta edição, haverá o auxílio em seis jogos, nas duas séries de semifinais e nos dois jogos da decisão do torneio, marcados para acontecer em novembro.

Mário Marra rasga elogios a Jair Ventura, mas diz que Renato Gaúcho é a melhor ‘notícia’ de 2017

O grupo Mediapro já tem experiência com o sistema VAR, já que é o responsável pelo funcionamento no Campeonato Português, de acordo com a Conmebol.