Ozil pode deixar o Arsenal sem custos em junho de 2018

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Mike Hewitt/Getty Images)
Mesut Ozil durante jogo do Arsenal
Mesut Ozil durante jogo do Arsenal


Prestes a perder o atacante Alexis Sánchez, o Arsenal pode ficar sem outro de seus principais jogadores. Segundo reportagem do jornal britânico, The Sun, veiculada na manhã desta quarta-feira, o meia alemão Mesut Ozil não teria interesse em renovar contrato com os Gunners e está em vias de deixar a equipe sem custos em meados do ano que vem, depois do final da temporada europeia.

O atual contrato do jogador de 28 anos é válido até junho de 2018. Com isso, Ozil já estaria disponível para assinar um vínculo prévio com qualquer equipe em janeiro podendo, assim, ser adquirido de graça.

No semestre passado, inclusive, surgiu um boato de que o campeão do mundo em 2014 teria recusado uma proposta de renovação que envolvia um salário de £ 8,1 milhões (algo perto de R$ 33 milhões) anuais.

Reflexo de De Gea, Courtois crescendo, Fabianski com a ponta dos dedos e mais; veja as defesaças da rodada inglesa

Recentemente, o diretor executivo do clube londrino declarou que a permanência do meio-campista da seleção alemã e do chileno Sánchez era essencial. No entanto, ambos podem estar com a saída encaminhada do clube, visando ambições e clubes maiores na Europa.

No caso de Ozil, conforme apontado pelo The Sun, o Paris Saint-Germain e o Bayern de Munique são os mais interessados em contar com a estrela. Já Sánchez pode continuar na Inglaterra, mas seguir para Manchester, onde é especulado pelo City do técnico Pep Guardiola.