Jornal coloca técnico 'moleque' no Bayern, e Ancelotti já cogita voltar para a Premier League

Mark Ogden, do ESPN FC
Ancelotti ironiza pergunta sobre treinar time na China: ‘É uma piada’

O técnico Carlo Ancelotti, do Bayern de Munique, parece não estar muito animado com seu trabalho à frente do clube alemão. Segundo apurou o ESPN FC, o italiano já planeja um retorno à Premier League se o time bávaro optar por rescindir seu contrato de três anos, assinado na temporada passada. 

Ancelotti, que sucedeu Josep Guardiola no Bayern em 2016, ganhou a Bundesliga em seus primeira temporada no comando dos alvirrubros - foi o 5º título seguido da equipe na liga nacional.

No entanto, a eliminação nas quartas de final da Champions League e o fato do clube não ter nem chegado à final da Copa da Alemanha colocaram enorme pressão em cima do ex-comandante de Milan, PSG e Real Madrid.

Para piorar, segundo apurou o jornal Bild, o Bayern já planeja a contratação do jovem técnico Julian Nagelsmann, de apenas 30 anos, que impressiona cada vez mais no comando do Hoffenheim. No último final de semana, por exemplo, a equipe de Nagelsmann bateu o Bayern por 2 a 0.

O próprio treinador alemão admitiu que tem interesse em assumir o clube bávaro. Ao jornal, ele admitiu que "comandar o Bayern sempre foi" um de seus "maiores sonhos".

A fonte ouvida pela reportagem disse que Ancelotti está "feliz" e "comprometido" com o Bayern, mas não descarta voltar à Inglaterra, onde comandou o Chelsea entre 2009 e 2011, caso o atual campeão alemão opte por encerrar seu contrato para ir atrás de Julian Nagelsmann. 

Veja os gols da vitória do Hoffenheim sobre o Bayern de Munique por 2 a 0

Segundo apuração, é muito provável que o italiano seja mandado embora ao final de sua segunda temporada se ele não alcançar ao menos a semifinal da Liga dos Campeões, além de conquistar a Bundesliga e a Copa da Alemanha.

Em 2014, o Manchester United já havia demonstrado interesse em contratar Ancelotti para assumir a vaga de David Moyes. No entanto, os Red Devils acabaram optando pelo holandês Louis van Gaal, que vinha de ótimo trabalho com a seleção da Holanda na Copa do Mundo.

O italiano também foi apontado como possível substituto de Brendan Rodgers no Liverpool. Contudo, os Reds acabaram escolhendo o alemão Jurgen Klopp, que havia deixado o Borussia Dortmund e estava livre no mercado. 

Carlo Ancelotti espera Champions League mais difícil nesta temporada

O futuro incerto de Arsene Wenger no Arsenal, com possibilidade de saída mesmo com o francês tendo assinado uma renovação de contrato por dois anos em maio, pode abrir caminho em breve para Ancelotti nos Gunners, caso Wenger opte por deixar a equipe que comanda há mais de duas décadas.

Já Naggelsmann garantiu que está "muito, muito feliz" no Hoffenheim, mas garantiu, sim, que pensa em um dia comandar o maior campeão alemão.

"(Chegar ao Bayern um dia) Me deixaria um pouco mais feliz, sem dúvidas... Mas não é como se toda a minha felicidade dependesse do Bayern", salientou.