Técnico do Hoffenheim: 'Bayern tem um grande espaço nos meus sonhos'

Gazeta Press

Simon Hofmann/Bongarts/Getty Images
Julian Nagelsmann, técnico do Hoffenheim
Julian Nagelsmann, técnico do Hoffenheim

O treinador mais novo da história do Campeonato Alemão, Julian Nagelsmann, comandante do Hoffenheim, que derrotou o Bayern de Munique na última rodada da Bundesliga, por 2 a 0, não negou que treinar o clube da Bavária o deixaria “um pouco mais feliz”.

Nesta terça-feira, em declaração ao jornal Eurosport, da Alemanha, o técnico, que assumiu a equipe da primeira divisão alemã com apenas 28 anos em 2016, destacou toda a influência que o Bayern exerce em sua vida, além de não negar o desejo de treinar a equipe.


“O Bayern tem um grande espaço nos meus sonhos. Vivi em Munique por muitos anos. Venho de Landsberg am Lech, (região da Bavária). Minha esposa e filha irão se mudar para Munique em breve, estamos construindo uma casa lá. É o nosso lar”, afirmou.

“Sou uma pessoa muito feliz em minha vida. O Bayern me deixaria um pouco mais feliz, mas não é como se toda minha felicidade dependesse do clube”, disse.

Nagelsmann aproveitou para contar que o presidente do time de Munique, Uli Hoeness, tentou lhe trazer para trabalhar na base do clube em 2015. O técnico também falou que planeja cumprir seu contrato com o Hoffenheim, válido até 2021.

Veja os gols da vitória do Hoffenheim sobre o Bayern de Munique por 2 a 0
p>

“Eu estava sob contrato, mas sou o tipo de pessoa que é muito aberta com relação aos seus planos. Eu considerei a proposta e disse que adoraria ir para o Bayern. Entretanto, plenamente consciente da minha situação, assinei contrato com o Hoffenheim e irei cumpri-lo”, declarou.